Menu Close
[:pt]

Recentemente eleito para o melhor onze inicial de jogadores nascidos a partir de 1997 pelo jornal italiano “Gazzetta dello Sport”, Amadou Diawara, de apenas 19 anos, já assume um papel importante no meio campo do Napoli. Vindo do Bologna, o africano nascido na Guiné Conacri conta já nesta época com 19 presenças distribuídas pela Serie A, Coppa Italia e Liga dos Campeões.

Habitualmente ocupa o lugar de médio defensivo, posicionando-se à frente da linha defensiva e cobrindo os 2 médios mais ofensivos, tendo em conta o sistema táctico 1-4-3-3 utilizado pelo seu treinador Maurizio Sarri.

1

2

3

Após a recuperação de bola tem capacidade para procurar o passe vertical na transição ofensiva. Neste caso é Gabbiadini que surge em apoio no corredor central.

4

Realizando a cobertura defensiva no corredor lateral, opta por jogar em segurança passando para o defesa central embora a opção de poder verticalizar em Hamsik ou Gabbiadini seja possível.

5

Do ponto de vista de organização ofensiva, é um elemento fundamental na 2ª fase de construção, uma vez que funciona como primeiro elemento de ligação entre a linha defensiva e a linha média, procurando verticalizar o jogo para os jogadores da frente. Neste caso, é visível o movimento de apoio a Koulibaly, para depois verticalizar para a desmarcação de Hamsik.

6

7

Já na fase de criação, realiza as coberturas ofensivas, funcionando como apoio aos elementos mais adiantados, permitindo que a equipa continue a circular a bola. É visível o movimento de apoio a Insigne.

2

Novamente em apoio aos avançados e com capacidade para verticalizar e explorar o movimento de Callejón entre linhas da equipa do Inter.

9

No momento de transição defensiva e de acordo com as suas funções de apoio na construção ofensiva, encontra-se sempre próximo da zona de bola, o que lhe permite no momento da perda da bola pressionar no centro de jogo. O seu posicionamento permite interceptar ou desarmar, como se pode verificar na imagem seguinte, e se possível verticalizar, neste caso para Hamsik no corredor lateral.

1

De uma forma geral, é um médio defensivo muito completo tendo em conta as funções que esta posição exige nos dias de hoje e que se enquadra perfeitamente num modelo de jogo mais ofensivo, de posse, de construção curta, com combinações directas e indirectas. Com capacidade de jogar em espaços curtos e sob pressão, sabe retirar a bola da zona de pressão ou recuperação, dando segurança ou verticalizando o jogo, fazendo-o a um ou dois toques. Muito bom no primeiro toque, na recepção orientada, velocidade de execução e decisão, bem como posicionamento para realizar pressão alta e manter linhas compactas. Encurta distância para o portador da bola, pressionando e retirando espaço, boa leitura de jogo e posicionamento defensivo para antecipar e interceptar passes. Todas estas características são importantes para este modelo de jogo.

Como aspectos a melhorar no futuro, digamos que o poderá fazer ao nível da agilidade, mudanças de direcção e velocidade, mais forte no jogo aéreo e assistências para golo.

diawara

Link: Blog VideObserver[:en]

Recently elected for the best 11 born after 1997 by the italian periodic “Gazzetta dello Sport”, Amadou Diawara, 19 years old, plays an important role in the Napoli midfield. Coming from Bologna, the African born in Guinea Conakry has already 19 games this season in Serie A, Coppa Italia and Champions League.

Usually plays as defensive midfielder, placing himself in front of the defensive line, covering for the 2 offensive midfielders, considering the 1-4-3-3 tactical system used by his coach Maurizio Sarri.

1

2

3

After recovering the ball he has the ability to search for the vertical pass at the offensive transition. In this case is Gabbiadini that shows up in the central lane giving support.

4

Making the defensive cover at the side lane, he choses to play safely to the central defender, although the vertical pass to Hamsik or Gabbiadini is also an option.

5

From an offensive organization point of view, he´s a key element in the 2nd phase of construction, being the first element of connection between the defensive and the medium lines, trying to verticalize for the Hamsik move.

6

7

In the creation phase he makes the offensive cover, supporting the offensive team mates and allowing the team to keep working with the ball. The support movement to Insigne is clear.

2

Once again supporting the offensive team mates, he is able to verticalize and explore Callejón movement in between Inter lines.

9

At the defensive transition, due to his supporting skills in the construction phase he is consistently near the ball, allowing him to press the game center when the ball is lost. His positioning allows him to intercept or disarm, as we can see in the next image, and if possible verticalize, in this case to Hamsik in the side lane.

1

Generally speaking, he’s a very complete defensive midfielder, taking into account the skills that this position requires today. He fits perfectly into a more offensive gameplay, in possession, short construction with direct and indirect combinations. With the ability to play in short spaces and under pressure, he knows how to withdraw the ball from the pressure or recovery zone, providing security or verticalizing the game,with one or two touches. Very good first touch, oriented reception, execution and decision speed, as well as positioning to hold high pressure and maintain compact lines. He shortens the distance to the ball carrier, pressing and taking space, with a good play reading and defensive positioning to anticipate and intercept passes. All this skills are important for this game model.

Skills to improve in the future are agility, direction shifts and speed. Also getting stronger in aerial duels and assists to goal.

Link: Blog VideObserver[:]