Menu Close

Visão

“Faremos os nórdicos orgulhosos”

Valores

GI ALT  = Dar tudo

G lad                      (Alegria)

I nkluderende      (Inclusão)

A mbisios              (Ambição)

L ojal                     (Lealdade)

T roverdig              (Confiança)

Como tudo comecou

Entre 2007-2010 Thiago Martins, avançado brasileiro que jogava no Bodø Glimt, era muitas vezes questionado pelos criadores da academia do clube, como funciona o futebol no Brasil, e a resposta foi simples, “um clube e uma cidade pequena como o FK Bodø Glimt deve apostar nas categorias de base.”.

O clube começou o projeto, a investir dinheiro na academia contratando treinadores com cursos e com experiencia, começou com um grupo de 3 treinadores, hoje são 12 treinadores e 4 fisioterapeutas, num total de 16 profissionais.

Criaram-se equipas de base dos 13 aos 19 anos  e posteriormente dos 9 aos 12 com 3 treinos semanais.

O clube fez então um protocolo com uma escola especializada, que foca entre outras coisas, a alimentação e o nível psicológico dos atletas do Bodø.

A ideia é formar e desenvolver jogadores, tendo neste momento jogadores de 16 e 18 anos na equipa principal que devido à boa campanha os jogadores valorizarão automaticamente, os melhores são vendidos e o clube investe na academia que cresce em tecnologia (camadas jovens têm a mesma monitorização e testes do que na equipa principal),  em estrutura (o clube paga os cursos aos treinadores para mantê-los atualizados e qualificados e os treinadores do clube são profissionais a tempo inteiro, tendo contrato efectivo), acabando por o ambiente  ser muito bom internamente com grande colaboração entre treinadores da equipa principal e da academia.

O sufocante 4-3-3

“Bodø Glimt joga em 4-3-3 desde 1916 quando o clube foi fundado, nos últimos 5 anos, desde que Kjetil Knutsen chegou, o estilo foi mais aprimorado” disse Thiago Martins.

Bodø apresenta uma pressão sufocante e avassaladora e uma circulação de bola com rápidas variações de  flanco. Quando a bola é colocada no extremo a equipa preenche a área com bastantes jogadores, criando inúmeras possibilidades de marcar e muitas dificuldades aos adversários.

Aqui pode-se ver o onze mais utilizado pelo Bodø Glimt, nos últimos 15 jogos (13V, 2E) , repartidos entre Elite Serien e Liga Europa .

2 Lode

3 Sampsted

5 Bjorkan

7 Berg (C)

14 Saltnes

19 Fet

10 Zinckernagel

11Hauge

Estes oito jogadores foram totalistas nas últimas 15 partidas e isso dá à equipa um entrosamento muito grande, o que faz com que as movimentações resultem e os automatismos da equipa funcionem na perfeição.

Entrega a defender e classe na finalização
Calma e classe nos penaltis