Menu Close

Campeonato de Portugal: Report Série C + D

Guarda-redes formado no Anadia e Académica. Passou também pelo ARC Oleiros mas é agora no clube onde começou, Anadia. Aos 20 anos de idade apresentou-se a um grande nível e é um dos destaques desta temporada. Sofreu 21 golos nas 33 partidas que disputou.

Alexandre é um guarda-redes evoluído tecnicamente que joga bem com os pés mas destaca-se pela sua segurança entre postes e pelos reflexos que apresenta. Controla muito bem a profundidade e demonstra ser um guarda-redes maduro, apesar da tenra idade. Fisicamente é um atleta com uma forte estatura (183 cm e 75 kg) e isso permite-lhe ganhar muitos duelos nas saídas aos cruzamentos. Guarda-redes com excelentes reflexos e com 2,18 remates defendidos por jogo. Jovem e com grande potencial para alcançar outros patamares competitivos.

Brasileiro de 25 anos que chegou ao União Leiria na temporada 2015/2016, após passagens pela formação do Juventus-SP e Santos. Alinhou ainda no Mogi Mirim. Em Portugal também representou o Famalicão, antes de seguir para o Zirka da Ucrânia. Regressou ao Leiria na época passada mas é este ano que se tem destacado como um dos melhores centrais do campeonato. 26 jogos e 3 golos apontados.

Nailson é um central canhoto que joga pelo lado esquerdo. Gosta de assumir no momento de construção. Sai a jogar com qualidade e progride com bola de forma segura e confiante. Pela sua estatura física (190 cm e 84 kg) é um central que disputa muitos duelos aéreos com uma taxa de eficácia de 63%. Bons índices de marcação e desarme. Recupera cerca de 12 posses por jogo.

Aos 26 anos, João Freitas, é um dos capitães e jogadores mais experientes do Vilafranquense. Chegou ao Sporting CP nos Sub 15 e por lá ficou até aos seniores, onde rumou ao Moura. Depois disso passou por vários clubes mas é em Vila Franca de Xira que se tem destacado. Esta época alinhou em 35 partidas e apontou 3 golos.

Defesa central ou médio defensivo dotado tacticamente e tecnicamente. Gosta de sair a jogar e apresenta muita qualidade na construção desde trás. Arrisca no passe longo para variar o centro do jogo com uma elevada taxa de sucesso. Forte fisicamente (180 cm e 82 kg) e com sentido posicional para ler o jogo e saber onde deve atacar a bola. Boa capacidade de antecipação e desarme (1,99 por jogo). Recupera em média 10 posses por encontro.

Aos 25 anos, João Miguel é um dos pilares defensivos do União Leiria depois de passagens por vários emblemas portugueses. O central começou no Inter Milheirós e passou pelo Leixões nos escalões de formação mas é esta época que depois de chegar à equipa da Série C que se tem destacado. Somou 28 partidas e apontou 1 golo.

Também pode alinhar como médio defensivo mas foi como defesa central que se fixou esta época. Pela sua capacidade de jogar mais adiantado, demonstra uma excelente relação com bola e é um dos primeiros jogadores a participar na manobra ofensiva com uma média de 57 passes por jogo. Defensivamente é um jogador com grande sentido posicional, inteligente e com grande capacidade no jogo aéreo (193 cm e 75 kg).

Médio defensivo cabo-verdiano de 20 anos que passou pelos juniores da Académica. Na época passada alinhou pelo Alcanenense e este ano chegou ao Benfica Castelo Branco onde somou 32 jogos e 3 golos.

Jogador muito interessante do ponto de vista físico com 188 cm e 72 kg. Rápido, ágil, com boa cobertura dos espaços. Intenso, dinâmico e agressivo na forma como ataca a bola e o espaço. Excelente capacidade Não se limita a defender. Com bola é um jogador com capacidade para progredir e integrar a manobra ofensiva. Apresenta uma eficácia de 70% dos dribles e tem uma média de 4,2 por jogo. Pela sua estatura também é um jogador a ter em conta no jogo aéreo. Jovem com grande margem de progressão

Médio centro brasileiro de 26 anos que vive em Portugal desde 2011/2012 quando assinou pelo Tourizense. Esta época chegou ao Anadia onde disputou 35 jogos e marcou 4 golos.

Jogador que pode actuar como médio centro ou médio mais recuado. Defensivamente é muito agressivo sobre o portador de bola. Rápido a reagir e a recuperar posição. Pressiona de forma muito eficaz os adversários. Pela sua estatura física (162 cm e 58 kg) é um jogador de baixo centro de gravidade e vai ao chão com facilidade para tentar o desarme. Não se encolhe na disputa de bola e por jogo tem uma média de 7 bolas recuperadas e 6 desarmes. Ofensivamente é um jogador de processos simples. Recua para assumir o jogo e lateraliza. Boa capacidade física para chegar à frente com facilidade.

Depois de ter ajudado a levar o Mafra a 2ª Liga, Morelatto de 24 anos transferiu-se para o Vilafranquense onde continua a ser peça chave para a excelente campanha que a equipa de Vila Franca de Xira vem fazendo.

Atuando maioritariamente como médio defensivo, a sua capacidade física bastante robusta tem ajudado a que cumpra com qualidade a sua posição sendo um atleta exímio no desarme. Como primeiro médio tem capacidade em organizar a 1ªfase da sua equipa, tendo uma boa capacidade de passe com cerca de 84% de acerto numa média de 40 passes por jogo. Nesta época conta com 2 assistências para golo. Na soma das suas ações efetua em média 73 por jogo com capacidade de sucesso de 77%.

Com 25 anos Pepo é já uma afirmação deste campeonato de Portugal, encontra-se emprestado pelo Leixões depois de no final da época passada ter assinado pelo emblema de Matosinhos. Nesta época já conta com 7 golos e 8 assistências sendo uma peça chave no meio campo do Leiria. No decorrer da época tem jogado em várias posições dentro do meio-campo, mas sendo as mais predominantes médio esquerdo e médio centro.

Pepo, é o organizador de jogo do Leiria, apresenta um nível técnico bem acima do nível médio da competição, a sua qualidade de passe é também um dos parâmetros a destacar. Em média efetua 85 ações por jogo, tendo um acerto superior a 73%. No capítulo do passe tem um acerto de 78% em média por jogo.

Dos Camarões para França, até chegar a Portugal em 2015/2016 para representar o Penelense. Depois de duas épocas no clube de Penela, seguiu-se o União Leiria onde chegou na temporada passada. Hoje aos 23 anos, Fabrice Kah disputa a sua segunda época pela equipa da Série C e é um dos destaques do campeonato com 33 jogos e 4 golos.

Extremo que pode actuar nas duas faixas, maioritariamente na direita onde desequilibra através da sua velocidade, qualidade técnica e dribles (11 por jogo). Jogador muito imprevisível e virtuoso. É um extremo difícil de travar pela forma como alia a velocidade à técnica. Gosta de ir para cima dos adversários, procurar a linha de fundo e cruzar para o segundo poste. Defensivamente também é um jogador que pressiona e ajuda o seu lateral. Agressivo na disputa de bola.

Na 4ª época ao serviço do Leiria, Ernest tem características que o potenciam como um atleta a acompanhar sendo bastante provável que o seu percurso passe por competições profissionais. No decorrer do campeonato atuou na posição de avançado ou de extremo esquerdo, cumprindo com qualidade em ambas as posições, prova disso são os 15 golos marcados e as 2 assistências.

Ernest é também um jogador que arrisca bastante no drible tendo uma média de 6 dribles por jogo. De realçar também a capacidade de passe, pois sendo um atleta que maioritariamente atua no último terço do terreno mas mesmo assim consegue ter 70% de acerto.

Emprestado pelo Tondela ao Benfica de Castelo Branco, João Vasco tem sido uma das sensações da série C do Campeonato de Portugal com 14 golos marcados e 5 assistências tem sido um jogador preponderante na prova que a equipa do interior tem vindo a fazer.

O avançado de 24 anos, é um jogador com características físicas interessantes, juntamente com isto tem ainda uma capacidade de aceleração de salientar. Dentro de área tem movimentos de bastante qualidade o que lhe permite nesta altura ser um dos melhores marcadores. Em jogo tem uma média de 2 remates, com acerto na baliza em 50% dos mesmos.

O guarda-redes formado no FC Porto vive um dos melhores momentos da sua curta carreira. Aos 26 anos sofreu 23 golos em 34 jogos e foi um dos pilares da excelente campanha do Praiense.

Forte nos reflexos e controlo de profundidade, ágil entre os postes, reposição de bola, reflexos e 1×1. Tiago é um guarda-redes que aposta no futebol mais directo para colocar a sua equipa mais próxima da área adversaria. Não arrisca jogar curto e procura quase sempre a saída longa. Sempre disponível a oferecer apoios e linhas de passe. Jogador com perfil de liderança e comunicativo. Procura organizar a sua linha defensiva, sempre bem posicionado e a ler o jogo da melhor forma. Em média defende 1,82 remates por jogo.

Lateral direito colombiano chegou a Portugal para representar o 1º Dezembro em 2016/2017. Esta temporada disputou 32 partidas e apontou 1 golo. Lozano apresentou-se a um excelente nível e aponta a patamares mais altos.

O lateral de 24 anos é um jogador de cariz ofensivo, muito veloz e evoluído tecnicamente. Demonstra uma excelente relação com bola. Lozano é um lateral muito vertical que procura sempre projectar-se no meio campo ofensivo. Apresenta boa capacidade de passe e drible (4,5 por jogo). Procura cruzamentos com muita regularidade, assim que consegue conquistar espaço no seu ataque. Defensivamente é um jogador que se sabe posicionar e recuperar bem a posição mesmo com toda a sua propensão ofensiva. Bons indicadores a nível de marcação e desarme (3,5 por jogo).

Central de 24 anos formado no Casa Pia que vive um dos melhores momentos da sua carreira. Esta temporada alinhou em 34 partidas e é um dos pilares defensivos da equipa de Lisboa. Na última época esteve emprestado ao Oriental onde apontou 2 golos em 28 jogos.

Ivan é um central forte fisicamente (182 cm e 75 kg), com boa leitura táctica, forte na marcação e desarme com 73% de eficácia. Joga bem na antecipação e demonstra excelentes índices no jogo aéreo com 3,2 duelos por jogo. A nível de construção opta por jogar mais longo e bater directo na frente, não procurando romper o espaço em progressão. É um jogador muito perigoso nos lances de bola parada pela sua impulsão e qualidade no jogo aéreo.

Com passagens pela formação do Sporting e Benfica, Tiago Duque  apresenta um nível muito elevado no Campeonato de Portugal, com a camisola do Amora. O jovem central somou 29 jogos tendo feito 2 golos. Aos 24 anos demonstra uma grande maturidade.

Central muito seguro do ponto de vista defensivo e com potencial para continuar a evoluir no seu jogo. Joga com o pé esquerdo e por isso costuma alinhar descaído para o lado esquerdo, podendo também alinhar como lateral. Tem uma boa relação com a bola e sente-se confortável a assumir a primeira fase de construção da equipa. Defensivamente é muito inteligente e sempre muito bem posicionado. Não sendo um central rápido acaba por compensar com a sua inteligência táctica na forma como aborda os lances. Forte no jogo aéreo (3,9 duelos por jogo), na antecipação e no desarme com 62% de eficácia.

Lateral esquerdo de apenas 24 anos mas com muita experiência no Campeonato de Portugal. David Dinamite, como é conhecido no mundo do futebol, foi formado no Estoril. Esta época no Real somou 33 jogos e 2 golos.

Muito completo no plano ofensivo e defensivo. Apresenta uma grande propensão ofensivo e desdobra-se facilmente nos ataques da sua equipa. Chegou a jogar a extremo em alguns jogos. Consegue desequilibrar a defesa contrária com a sua velocidade e qualidade técnica. Excelente capacidade de drible (2,4 por jogo) e procura variar entre o espaço interior e o corredor, sendo imprevisível nas suas acções. Aparece bem na linha de fundo para cruzar (2,5 por jogo). Defensivamente sabe posicionar-se e consegue ganhar muitos duelos defensivos por ser forte no capítulo da marcação e desarme (5 por jogo).

Com 22 anos, Gustavo é uma das certezas do Campeonato de Portugal. Deixou o Brasil em 2017 para ingressar no Real e depois de uma primeira época de grande qualidade, voltou a confirmar todo o seu potencial com 5 golos em 32 jogos.

Médio centro muito completo em todos os momentos de jogo. Joga bem com os dois pés e tem facilidade de remate. Apresenta boa capacidade de desarme com uma eficácia de 63%. Agressivo na conquista da bola e rápido na tomada de decisão. Muito inteligente na forma como ocupa os espaços e sabe ler o jogo. Tecnicamente evoluído e gosta de progredir em drible (3 por jogo). Apesar de não ser um jogador com uma grande estatura física, 178 cm, sabe ganhar bem o espaço e vencer muitos duelos aéreos.

Jovem médio ofensivo de 24 anos que começou a sua carreira no Vitória SC e no Vizela para depois rumar ao Sul do país no último ano de juniores para assinar pelo Farense. Desde então nunca mais largou as terras algarvias e nas últimas duas épocas tem alinhado no Armacenenses.

Esta época contou com um total de 36 jogos (3001 minutos somados), somando 10 golos e 4 assistências. Pode jogar como extremo ou até mesmo avançado mas foi principalmente a médio ofensivo que se destacou esta temporada. Rápido, irreverente e forte tecnicamente. Tem uma boa capacidade de drible (6 por jogo) e passe (79% de eficácia). Sempre muito participativo e com capacidade para jogar entre linhas. É um jogador que salta logo à vista pela sua relação com bola.

Na época 18/19, Rui Batalha dividiu os seus 14 golos e 6 assistências entre a equipa do Torreense onde esteve uma época e meia e o Real o seu clube atual neste momento.

Chegou em Janeiro ao clube de massamá e agarrou o lugar na equipa como extremo esquerdo, uma das suas mais valias é a capacidade que tem a partir do corredor esquerdo efetuar movimentos interiores e usar o seu pé mais hábil. Rui é também exímio na marcação de bolas paradas, especialmente livres diretos. A sua velocidade no ataque a profundidade e a capacidade de ultrapassar adversários no 1×1 é um dos seus pontos mais fortes. Nesta época, tem um total de 70% de acerto nas suas ações durante os jogos, um valor bastante bom para um atleta com uma idade ainda curta.

Uma carreira toda feita no Amora, desde os escalões de formação até aos seniores onde é um dos principais destaques. Esta época apontou 13 golos em 35 partidas. Aos 26 anos de idade vive um dos melhores momentos da sua carreira.

Extremo que pode jogar nas duas faixas ou ainda no apoio ao ponta de lança. Veloz, dotado tecnicamente e com capacidade para desequilibrar através de dribles (6 por jogo). Joca é um extremo muito virtuoso e imprevisível pela sua qualidade técnica. Consegue conciliar velocidade com capacidade de decisão e isso torna-o num dos melhores jogadores do Campeonato de Portugal. Joga bem com os dois pés e apresenta uma excelente capacidade de cruzamento (3,6 por jogo). Exímio marcador de bolas paradas. É um jogador que ajuda o seu lateral no processo defensivo com qualidade no desarme e pressão.

Beto tem 21 anos e viveu um sonho na sua época de estreia no Campeonato de Portugal. Apontou 21 golos e somou 3 assistências em 35 jogos tendo sido durante época a referência ofensiva do Olímpico do Montijo.

O avançado português distingue-se pela sua presença física sendo muito possante (194 cm e 88 kg) e faz uso dessas características para ganhar vantagem aos defesas contrários, porém não se limita a jogar dentro da grande área. A sua velocidade, capacidade técnica (3,9 dribles por jogo) e finalização são os seus pontos fortes, procura os espaços nas costas da defesa contrária, sendo muito rápido a explorar as costas e os espaços em profundidade. Forte no jogo aéreo e a promover situações de finalização onde apresenta uma elevada taxa de eficácia.

Aparenta ser um jogador muito mais maduro do que a idade que tem, 24 anos. Na formação passou pelo Sporting e União Leiria. O Praiense decidiu avançar para a sua contratação esta época e foi decisivo no 1º lugar do clube dos Açores na Série D com 16 golos em 37 jogos.

Danny é um avançado móvel e com baixo centro de gravidade, 176 cm e 80 kg. Joga como apoio a uma referência mais fixa ou a partir de uma das faixas, normalmente a esquerda. Muito rápido no ataque à profundidade e evoluído tecnicamente (8 dribles por jogo). Inteligente do ponto de vista posicional. Remata bem com os dois pés (3 por jogo). Defensivamente é um avançado que trabalha muito bem no momento de pressão de forma a condicionar a construção de jogo do adversário.


Para todos os clubes, treinadores, jogadores, olheiros, agentes, empresas e media que queiram saber mais sobre os nossos serviços no Campeonato de Portugal não hesitem em contactar-nos através de mensagem privada ou do nosso email geral@proscout.pt.