Clássico: FC Porto vs SL Benfica

Clássico: FC Porto vs SL Benfica

E eis que chegou o tão esperado clássico… Disputado entre as duas equipas que têm conquistado mais títulos no futebol português, promete ser um dos mais emotivos dos últimos anos, dada a importância do mesmo para o desfecho final da Liga NOS e o bom momento atual de FC Porto e SL Benfica.Vamos seguir em directo o jogo com comentários no nosso Twitter: https://twitter.com/proscout_pt

FC PORTO

Os dragões apresentam-se como líderes do campeonato e vão querer proteger este estatuto até ao final dos 90 minutos. Apresentando, nos jogos mais recente, algumas adaptações ao nível do seu modelo de jogo, tem vindo a crescer em organização ofensiva, pela maior variedade de soluções que possui atualmente para progredir no terreno e chegar a zonas de finalização. Defensivamente, são organizados e agressivos na pressão alta, conseguindo também controlar profundidade, muito devido à velocidade dos elementos da sua linha defensiva. É uma equipa sempre perigosa nas bolas paradas, dado o poderio dos seus jogadores no jogo aéreo, nomeadamente Felipe, Pepe, Soares e Danilo.

ONZE PROVÁVEL: Casillas; Manafá, Felipe, Pepe, Telles; Danilo, Herrera, Óliver; Corona, Brahimi, Soares.

SL BENFICA

Após a entrada de Bruno Lage no comando técnico da equipa, a tendência tem sido de evolução. Numa perspetiva de plantel, tem conseguido recuperar jogadores de certa forma “esquecidos” e tem introduzido jogadores da formação do clube que são não apenas projetos de futuro, mas também opções válidas já de momento. Tem assentado o seu jogo numa organização ofensiva dinâmica e equilibrada, preparando de forma correta o momento de transição defensiva. A forte pressão após a perda da posse de bola não tem permitido aos adversários criar situações de perigo através de contra ataques.

ONZE PROVÁVEL: Vlachodimos; A. Almeida, R. Dias, Ferro, Grimaldo; Samaris, Gabriel, Pizzi, Rafa; Félix, Seferovic.

Os possíveis “desbloqueadores” do Clássico

ÓLIVER TORRES

Ganhou uma nova vida neste Porto de Sérgio Conceição. Pela forma como define no momento ofensivo, será uma dor de cabeça para a equipa de Bruno Lage. Seja a ligar o jogo por dentro ou a descobrir espaços em profundidade, o médio espanhol encontra-se numa forma incrível e poderá, a qualquer momento, criar situações de perigo para a baliza de Vlachodimos.

JOÃO FÉLIX

A nova estrela oriunda do Caixa Futebol Campus tem-se afirmado como um indiscutível dos encarnados, contando com 10 golos e 6 assistências na presente época. A aliar à sua excelente relação com o golo, possui uma capacidade ímpar de perceber os espaços onde deve surgir, definindo depois com grande qualidade no último terço. Será com certeza uma das peças fundamentais na manobra ofensiva do Benfica, em busca da vitória e consequente liderança da Liga NOS.

About The Author

Diogo Silva

23 anos. Jogou futebol federado dos 11 aos 20 anos, tendo então iniciado como treinador numa academia (5 aos 9 anos). Passou pelos juniores do SC Salgueiros como treinador adjunto. Atualmente, é treinador adjunto dos seniores do AC Milheirós (AFPorto) e observador dos sub19 do SC Beira-Mar.

Related posts