Menu Close

O Leão Eduardo Henrique

O mais recente reforço do Sporting é brasileiro, tem 24 anos e dá pelo nome de Eduardo Henrique. Há muito vinha sendo seguido pelo Scouting leonino, mas só agora foi oficializada a sua contratação.

Para os mais distraídos, trata-se de uma contratação inesperada e algo surpreendente.

Quem é então Eduardo Henrique?

Deu o “salto” para um clube europeu na época passada através do Belenenses SAD, clube pelo qual realizou uma temporada muito regular, culminando com 29 jogos disputados, quase todos como titular, sendo que a partir do mês de Janeiro apenas em 3 jogos não concluiu os 90 minutos, tendo terminado com 2 golos marcados.

Não estamos a falar de um médio de características ofensivas, criativas e técnicas, mas essencialmente de um “box-to-box” com altos índices de resistência física, capaz de transportar bola queimando linhas em progressão, conseguindo sempre definir correctamente os timings certos para passar ou transportar. Aliado a tudo isto, tacticamente é um jogador extremamente evoluído e com uma excelente leitura de jogo.

Defensivamente é uma mais valia para qualquer equipa: possui um bom jogo aéreo, muito devido à altura (1.86 m), um bom desarme, agressivo sobre o portador da bola quando tem de o ser, importante nas coberturas que vai dando à linha defensiva, podendo jogar numa posição de médio centro mais subido (posição 8) como também jogar mais recuado na posição de médio defensivo da equipa.

Não sendo a sua posição de origem, pode ainda desempenhar o papel de médio esquerdo ou direito, sobretudo nos jogos em que será necessário fechar o corredor e principalmente auxiliar o lateral, ficando Keizer a contar com um jogador na posição mais evoluído tacticamente, com uma velocidade razoável e capaz de nos momentos com bola, progredir no terreno fugindo das zonas de pressão adversárias.

A adaptação a um clube da dimensão do Sporting Clube de Portugal, em que a exigência é máxima e cujos objetivos passam sempre pela luta por títulos, também não será um problema para o brasileiro, uma vez que vem de clubes de renome no seu país como Atlético Mineiro, Internacional ou Atlético Paranaense.

Chega a um grande português com todo o mérito, tem muita qualidade para singrar de leão ao peito e será certamente uma mais valia para o clubede Alvalade.