Diogo Dalot – a estreia do lateral no Manchester United

Diogo Dalot – a estreia do lateral no Manchester United

Diogo Dalot chegou ao Manchester United este Verão depois da equipa de José Mourinho ter gasto 22M€ no antigo lateral do FC Porto.

O jovem de 19 anos é apontado como uma das maiores promessas do futebol mundial. Nem mesmo a lesão grave que sofreu na época passada ao serviço dos azuis e brancos atrapalhou o seu caminho de afirmação nos Red Devils.

Depois de um período de adaptação na equipa de reservas, Dalot saltou para o onze titular do Manchester United no embate contra o Young Boys para a Liga dos Campeões. Um jogo que ficou marcado pela sua estreia com a camisola da equipa de Manchester.

Dalot alinhou 95 minutos e foi um dos melhores em campo, elogiado por toda a crítica britânica. Teve uma taxa de eficácia de 81% nas 73 que completou durante a partida. No capítulo do passe, em 47 ocasiões apenas falhou 8 vezes (83% de sucesso).

Do ponto de vista defensivo, venceu 7 dos 12 duelos que disputou mas foi ofensiva que se destacou mais com 2 dribles completos e 5 tentativas de cruzamento, apesar de só ter tido uma taxa de sucesso de 20%.

A forma como o jovem português subiu pelo corredor direito, sem acusar a pressão da estreia, fez com que ganhasse a confiança dos adeptos que olham para Diogo Dalot como um jogador de futuro mas com qualidade para criar impacto no imediato.

O lateral ofensivo tem capacidade para criar desequilíbrios fruto da sua qualidade técnica, velocidade e estatura física. Forte tacticamente e na leitura dos espaços, Dalot chega com muita facilidade ao último terço onde procura os cruzamentos. Um jovem que imprime dinâmica, rotação, verticalidade e largura ao ataque do Manchester United. Deixamos aqui todas as acções contra o conjunto suíço.

Diogo Dalot pretende convencer José Mourinho e assegurar um lugar permanente no onze titular do Manchester United mas tem como concorrente o experiente Antonio Valencia, capitão de equipa de 33 anos que termina contrato no final da época. A concorrência em Portugal também é forte com João Cancelo, Cédric, Ricardo Pereira e Nélson Semedo a partirem à frente do antigo lateral do FC Porto mas independentemente do número de jogos que possa realizar esta temporada, Dalot tem condições para ser um dos melhores laterais do Mundo nos próximos anos e José Mourinho também partilha dessa opinião.

Sobre o Autor

ProScout

A ProScout analisa o futebol do ponto de vista individual e colectivo, procurando identificar dinâmicas que possam ser discutidas no âmbito do contexto técnico-táctico.

Artigos relacionados