Menu Close

Liga BPI: SC Braga começa a sonhar com o título

À partida para a 10ª jornada, apenas dois pontos separavam o Sporting CP e o SC Braga. As guerreiras do Minho encontravam-se em 1º lugar com 27 pontos e as leoas com 25.

O Sporting a jogar em casa precisava de uma vitória para ultrapassar o SC Braga e depender só de si para alcançar o tricampeonato. A equipa orientada por Miguel Santos venceu em Alcochete e não permitiu ao Sporting de Nuno Cristóvão subir na tabela classificativa.

As bracarenses entraram muito bem na partida e logo aos 17 minutos chegaram ao golo por intermédio de Hannah Keane, a ponta de lança norte-americana que esteve em grande destaque do ponto de vista ofensivo. Seis minutos depois Keane assistiu Farida Machia. A extrema camaronesa ampliou a vantagem para 0-2. Os dois golos surgiram nas duas ocasiões de perigo que a equipa do Minho conseguiu criar ao longo da partida.

O Sporting cresceu no jogo e foi para cima do Braga. Conseguiram criar 3 ocasiões, sendo que desperdiçaram uma grande penalidade aos 77 minutos. Dois dos remates feitos encontraram o caminho dos ferros da baliza defendida por Rute Costa. Com esta vitória o SC Braga ampliou a diferença para 5 pontos e vê o título mais próximo.

Do ponto de vista estatístico podemos retirar várias ideias:

  1. Sporting CP mais dominador com 15 remates, 630 passes com eficácia de 77%, 9 passes chave e 18 cruzamentos;
  2. Dos 29 dribles feitos pela equipa de Nuno Cristóvão, 16 foram bem sucedidos;
  3. 26 desarmes com 62% de eficácia e 89 bolas perdidas;
  4. SC Braga jogou mais na expectativa principalmente depois dos dois golos, somaram 8 remates, 328 passes com 62% de eficácia, 2 passes chave e 7 cruzamentos;
  5. Dos 17 dribles feitos pela equipa de Miguel Santos, 10 foram bem sucedidos;
  6. 34 desarmes com 53% de eficácia e 89 bolas perdidas;

Do ponto de vista individual destaque para os seguintes dados do SC Braga:

  1. Farida Machia (27 anos) foi a melhor em campo com 75% de eficácia nas suas acções, 21 passes e 1 remate que deu origem ao 0-2;
  2. Hannah Keane (25 anos) esteve muito presente em jogo com 76 intervenções. Somou um golo e uma assistência, para além dos 4 remates e 34 passes;
  3. SC Braga muito sólido defensivamente com as duas laterais em destaque, Ágata Pimenta (23 anos) e Matilde Fidalgo (24 anos), na esquerda e direita respectivamente, disputaram em conjunto 29 duelos e venceram 20;
  4. Matilde Fidalgo defrontou a sua antiga equipa e apresentou-se a um grande nível com 6 desarmes e uma eficácia de 83%;
  5. As duas centrais foram intransponíveis no jogo aéreo, Diana Gomes (20 anos) e Jana (30 anos) venceram todos os 5 duelos aéreos que disputaram;
  6. A defesa bracarense venceu 9 dos 10 desarmes que protagonizou;
  7. O quarteto defensivo recuperou 39 bolas, sendo que Diana Gomes foi quem mais se destacou com 13 posses de bola recuperadas, seguida da sua companheira do eixo da defesa, Jana recuperou 11 bolas.

Depois da conquista da Supertaça frente ao Sporting CP na decisão de grandes penalidades, a equipa de Miguel Santos pode alcançar esta temporada o tão desejado título. Nas últimas três épocas a disputa pelo campeonato tem sido bipolarizada com Sporting CP e SC Braga como grandes favoritas mas as leoas levaram a melhor nas últimas duas edições.

Na última ronda as duas equipas venceram sem grandes dificuldades, mantendo a distância pontual em 5 pontos com menos uma jornada para o final. Apesar de ainda faltarem 11 partidas para o fim do campeonato, este pode ser ano do SC Braga e o clube já sonha com título!