Menu Close
[:pt]

O Euro 2016 promete ser uma competição com selecções organizadas e colectivamente fortes, onde grande parte dos jogadores são conhecidos por todo o mundo do futebol. No entanto, haverá sempre espaço para jogadores mais jovens e ainda algo desconhecidos começarem a marcar mais posição no panorama futebolístico.

Elaboramos aqui uma lista de 10 jovens promessas que podem mostrar-se neste Europeu. Jogadores de selecções que não são as típicas candidatas à vitória, mas que poderão revelar-se e colocar em campo toda a sua qualidade.

golovinAleksandr Golovin: Jogador que pode actuar nas posições 8 e 10. Revela boa capacidade de passe às três distâncias, bate bem bolas paradas: cantos e livres laterais; ágil e com baixo centro de gravidade, consegue escapar eficientemente de espaços fechados, pese embora não seja um driblador nato. Denota agressividade nos duelos defensivos.

 

emboloBreel Embolo: Jogador que pode actuar nas faixas ou como referência no ataque. Fortíssimo em termos físicos, aproveita muito bem quando tem espaço pela frente para explodir em direcção à área. Contudo, é tecnicamente evoluído e consegue ser desequilibrador em acções de condução.

 

 

dudaOndrej Duda: Jogador que pode actuar nas faixas laterais ou como médio ofensivo. Tecnicamente evoluído, é dotado de boa visão e de boa finta curta. Move-se muito bem sem bola, sempre à procura de dar uma solução aos colegas.

 

 

oleksandrOleksandr Zinchenko: Jogador que pode jogar em qualquer posição o meio campo ofensivo. Dono de um pé esquerdo muito evoluído, mostra-se especialmente em acções de passe e cruzamento. Aparece muito bem entre linhas para combinar com os companheiros e é forte no drible curto.

 

 

piotrPiotr Zielinski: Médio ofensivo de formação, foi, na última época, mais utilizado como interior, num meio campo em losango. Forte tecnicamente, exibe qualidade de passe e na tomada de decisão. Tem boa chegada à área. Defensivamente cada vez mais forte em acções de cobertura e em transição defensiva.

 

 

pjacaMarko Pjaca: Extremo esquerdo muito forte em acções de condução e drible para o corredor central visando a baliza. Bom finalizador, é ainda bastante rápido e repentista, algo que aliado à forte compleição física tornam-no difícil de ser parado.

 

 

morEmre Mor: A nova coqueluche do futebol turco. Baixo centro de gravidade, bola colada ao pé esquerdo e serpentear por entre os adversários, usando a velocidade e agilidade que tem, servindo os colegas ou construindo jogadas para ele mesmo finalizar.

 

 

lukakuJordan Lukaku: Lateral fortíssimo em termos físicos, capaz de todo o corredor durante todo o encontro. Destaca-se pela sua capacidade ofensiva, buscando essencialmente movimentos exteriores para tirar o cruzamento, embora possua também um remate violento. Defensivamente faz uso da sua capacidade física para resolver os problemas.

 

 

lindelofVictor Lindelöf: Central muito dotado do ponto técnico, forte na saída de bola e muito competente no controlo da profundidade. Eficaz em acções de desarme, acção que faz de forma limpa. Mostra perfil de líder.

 

 

sabitzerMarcel Sabitzer: Extremo que busca muito terrenos interiores na procura de combinações ou de espaços para rematar à baliza. Veloz, tem maior rendimento em acções de transição ou de ataque rápido.

[:]