Menu Close

[:pt]Euro 2017: Dia 4 & Dia 5[:]

[:pt]

Inglaterra vs Escócia: Goleada inglesa com hattrick de Taylor

Começava o campeonato para a toda poderosa Inglaterra que iria defrontar a estreante e vizinha Escócia no seu primeiro jogo do Europeu. Previa-se uma vitória da Inglaterra, o que acabou por acontecer com um resultado bastante desnivelado.

Era a primeira vez que as escocesas participavam numa fase final e sabiam que não iria ser um jogo fácil contra as suas vizinhas, começaram o jogo num sistema 4X1X4X1, enquanto que a Inglaterra optou por um 4X2X3X1.

Desde o início a Inglaterra entrou com o seu bloco alto e bastante pressionante (figura 1), com o fez em todo o jogo, mesmo tendo uma vantagem bastante confortável o que não permitia à Escócia jogar curto, tendo sempre optado por bolas em profundidade.

Figura 1- Pressão Inglaterra
Figura 1 – Pressão Inglaterra

A Escócia por outro lado, defensivamente, colocava-se no seu meio campo com o bloco baixo e quase sempre com todas as jogadoras atrás da linha da bola (figura 2).

eng2
Figura 2 – Posicionamento defensivo Escócia

A Inglaterra foi durante todo o jogo uma equipa objetiva, chegando à área adversária de modo rápido e com poucos toques, como se pode ver no seu primeiro golo, onde há uma recuperação de bola e rapidamente colocam a bola em profundidade (figura 3).

Figura 3 - Primeiro golo da partida- objetividade inglesa
Figura 3 – Primeiro golo da partida – objetividade inglesa

Com este modo de jogar e sendo extremamente eficazes na finalização, as escocesas não tiveram muitas hipóteses de contraria esta vitória, mas embora o resultado tenha sido bastante desequilibrado, as estreantes, nunca desistiram de procurar o golo tendo posto por várias vezes a defesa inglesa à prova (figura 4).

Figura 4- Nº ocasiões de finalização (branco - Inglaterra; rosa - Escócia
Figura 4- Nº ocasiões de finalização (branco – Inglaterra; rosa – Escócia

A Inglaterra foi sem dúvida a melhor equipa, sabendo sempre o que fazer quer fosse em contra-ataques ou ataques mais organizados. Tinham uma organização ofensiva que lhes permitia ter sempre pelo menos 3 jogadoras ligadas entre si, o que fazia com que houvesse sempre pelo menos duas linhas de passe para a portadora da bola (figura 5).

Figura 5 - Organização ofensiva da Inglaterra
Figura 5 – Organização ofensiva da Inglaterra

Foi uma vitória bastante clara e que passa a imagem de que a Inglaterra veio para este Europeu para o conquistar, foi uma excelente exibição, mas vamos esperar para ver o que conseguem fazer no próximo jogo contra a bem qualificada Espanha. Por outro lado, a Escócia terá agora de pensar no próximo jogo que será contra o também estreante Portugal.

eng esc1 eng esc2

Noruega vs Bélgica: Boa exibição belga permite às estreantes sonharem com a qualificação

Começava a segunda jornada do Europeu que opunha as duas primeiras derrotadas do grupo A, onde se uma delas perdesse ficava praticamente eliminada da próxima ronda.

Ambas as equipas optaram pelo mesmo sistema tático, o 4X4X2, sendo que com nuances diferentes, transformando-se o da Noruega muitas vezes num 4X3X3.

A Bélgica entrou melhor no jogo, a querer surpreender desde inicio, estando com o bloco compacto e pressionante (imagem 1).

Figura 1 - Posicionamento defensivo da Bélgica
Figura 1 – Posicionamento defensivo da Bélgica

A Noruega, embora também estivesse a pressionar bem não estava a conseguir controlar o jogo nem ter tanta bola como a Bélgica (imagem 2).

Figura 2 - Posicionamento defensivo da Noruega
Figura 2 – Posicionamento defensivo da Noruega

A seleção norueguesa estava sempre a procura do golo tentando alcança-lo através de vários cruzamentos, mas apesar do elevado número de cruzamento para a área nunca conseguiram ter sucesso (imagem 3). Por outro lado, a Bélgica procurava jogar um futebol mais apoiado e rápido. Foi uma primeira parte bastante equilibrada com ambas as equipas a conseguirem criar uma boa situação para fazer golo.

Figura 3 - Cruzamentos efetuados por parte da Noruega
Figura 3 – Cruzamentos efetuados por parte da Noruega

Na segunda parte a Noruega entrou a querer mandar no jogo, tendo pressionado mais a Bélgica, mas mais uma vez uma equipa sem ideias e apenas tentava criar perigo por cruzamentos.

Já a equipa belga mantinha-se fiel a si mesma, nunca desistindo de nenhum lance, procurando sempre atacar e acaba por conseguir chegar ao golo num mau posicionamento por parte da defesa norueguesa (figura 4). Estava feito aquilo que seria o primeiro golo da partida e também o primeiro golo da história para a Bélgica em Europeus.

Figura 4 - Golo da Bélgica. Mau posicionamento defensivo que deixa a jogadora belga cabecear á vontade, apesar da primeira defesa da GR não conseguiram impedir a recarga
Figura 4 – Golo da Bélgica. Mau posicionamento defensivo que deixa a jogadora belga cabecear á vontade, apesar da primeira defesa da GR não conseguiram impedir a recarga

Após o golo a Bélgica manteve-se pressionante e sentia-se confortável no jogo, por outro lado a Noruega tentava responder ao golo sofrido, com Hansen sempre a tentar levar a equipa para a frente e Hegerberg a lutar na área em todos os cruzamentos, mas a equipa nunca foi capaz de por a defesa belga em perigo. Com o passar do tempo e a vitória cada vez mais longe, a Noruega sofria o segundo golo num erro de toda a defesa e sentenciavam assim a sua derrota (figura 5).

Figura 5 - Segundo golo das belgas. lance de distração de toda a defesa norueguesa que sofre golo de um lançamento lateral
Figura 5 – Segundo golo das belgas. lance de distração de toda a defesa norueguesa que sofre golo de um lançamento lateral

Foi uma vitória justa por parte da Bélgica, a Noruega como vice-campeã da Europa tem o dever de fazer muito mais pela vitória e neste momento arrisca-se a ficar de fora da próxima ronda. Os parabéns à Bélgica por esta vitória histórica e a todas as jogadoras principalmente Philtjens e Wullaert que correram durante todo o jogo sem nunca desistir. Esperamos para ver se conseguem realmente a passar à próxima fase.

nor bel6 nor bel7

 

Holanda vs Dinamarca: Holandesas com um pé na próxima fase

Esperava-se um jogo equilibrado onde a vencedora ficava com uma boa chance de passar a fase seguinte da prova.

A Holanda optou por continuar no seu 4X3X3 enquanto a Dinamarca atuou em 4X4X2.

Logo de início a seleção holandesa entrou com um bom posicionamento defensivo, tendo um bloco compacto e pressionante (figura 6).

Figura 6 - Posicionamento defensivo da Holanda
Figura 6 – Posicionamento defensivo da Holanda

Procurava sempre atacar com as suas 3 jogadoras da frente sempre disponíveis, mais uma vez parte do destaque vai para Martens que voltou a fazer uma boa exibição. A Dinamarca começou um pouco com um bloco mais baixo, praticamente sempre com duas linhas de quatro atrás da bola (figura 7).

Figura 7 - Posicionamento defensivo Dinamarca
Figura 7 – Posicionamento defensivo Dinamarca

A equipa da casa entrou melhor e acabou por chegar ao golo num penálti que provém de um dos bons lances de ataques rápidos. Embora o jogo estivesse equilibrado, a Holanda conseguia recuperar mais bolas no meio-campo o que lhes permitia causarem mais dificuldades à equipa dinamarquesa (figura 8).

Figura 8 - Recuperações de bola Holanda e Dinamarca
Figura 8 – Recuperações de bola Holanda e Dinamarca

A seleção holandesa controlou a primeira parte não dando muitas oportunidades ao adversário. Por outro lado, na segunda parte, a Dinamarca conseguiu criar mais perigo perto da baliza da Holanda, mas nunca obtendo sucesso, muito por causa de Van Veenendaal que foi eleita melhor jogadora e teve uma prestação irrepreensível.

Embora o aumento de desempenho da seleção norueguesa isso não foi suficiente para conseguir um bom resultado com as holandesas que tentaram sempre chegar ao segundo golo, tendo até mais ocasiões de finalização (figura 9).

Figura 10 - Ocasiões de finalização (laranja - Holanda; branco - Dinamarca
Figura 9 – Ocasiões de finalização (laranja – Holanda; branco – Dinamarca)

Foi mais uma brilhante exibição da equipa holandesa que mereceram a vitória e se conseguirem continuar a jogar assim e com o apoio do público podem ir longe nesta competição. Por outro lado, a Dinamarca vai ter agora um difícil jogo com a Noruega, mas que têm de procurar a vitória para seguirem para a próxima fase.

hol din5 hol din6[:]