Menu Fermer

Fabián Ruiz: Gracias crack!

Do alto dos seus 1,89m, o esquerdino tem um toque e controlo de bola acima da média e uma calma impressionante para definir sob pressão, discernindo muito bem entre os momentos de temporização ou aceleração do ritmo de jogo.

Movimenta-se muito bem sem bola, seja a criar linhas de passe ou a arrastar marcações criando assim espaço para os seus colegas. Sente-se mais à vontade em zonas avançadas do terreno onde combina muito bem ao primeiro toque e onde vê a baliza mais de perto – os dois golos da final surgem através dos seus remates de fora de área – mas também possui um sentido posicional tremendo, mesmo que o seu empenho nas tarefas defensivas seja menos intenso.

É um médio completo capaz de realizar várias funções em vários sistemas de jogo com uma margem de progressão muito interessante. Prevê-se (mais) uma época de excelência no Napoli.