Gabriel Appelt

Gabriel Appelt

Médio brasileiro de 24 anos natural de Rio de Janeiro, tem sido um dos grandes destaques do CD Leganés, que actua no principal escalão do futebol espanhol. Na época passada (17/18), Gabriel teve a sua melhor performance da carreira, tendo sido o jogador mais influente da sua equipa e os números parecem também corresponder com o nível exibicional mostrado. Foi o melhor marcador do Leganés no campeonato, com 5 golos e mais 2 assistências. Recentemente o médio brasileiro, que também possui nacionalidade portuguesa, tem sido bastante associado ao SL Benfica, onde poderia dar o salto e testar-se a nível de competições europeias.

Gabriel tem um perfil táctico interessante, tendo já actuado como avançado centro ou médio ofensivo atrás do ponta de lança num 1-4-2-3-1 e ao longo da sua carreira foi recuando e subindo no terreno, hoje sendo olhado cada vez mais como um médio centro criativo. No Leganés tem actuado sempre como médio centro, num duplo pivot em 1-4-2-3-1, também dentro da mesma estrutura, mas mais adiantado como médio centro ofensivo e médio centro pelo lado esquerdo numa estrutura de 1-4-3-3. Como se pode verificar, Gabriel é um jogador que mostra ser solução para diferentes sistemas, fazendo todo o corredor central, por vezes até pode aparecer sobre um flanco.

Estamos perante um médio criativo, é ele o construtor de jogo da sua equipa e na 1ª fase de construção geralmente é ele quem se coloca próximo dos defesas centrais para receber a bola. Gabriel é um jogador inteligente, com uma boa leitura do jogo, sabendo posicionar-se oferecendo sempre linhas de passe e rapidamente encontrar uma solução para libertar a bola, mesmo quando sob pressão e quando é obrigado a driblar é capaz de o fazer para tirar o oponente da zona da bola, revelando também além da qualidade técnica uma estampa física tornando-o difícil de desarmar. Qualidade técnica essa que faz com que Gabriel seja um jogador altamente influenciador no último terço do terreno, conseguindo criar desequilíbrios e ainda ser ele a marcar o golo, tendo sido o melhor marcador do Leganés no campeonato espanhol. As suas melhores características são o passe, principalmente o passe longo, e o remate de longe, fazendo também dele uma arma nas bolas paradas.

A nível defensivo é um jogador que não cai muito em cima do oponente, sendo quem tenta tapar linhas de passe enquanto os seus companheiros do miolo se mostram mais agressivos na procura da bola, mas Gabriel mostra qualidade quando é solicitado em lances de 1v1 defensivo principalmente pelo ar, onde se mostra muito forte. Tem algumas dificuldades nas transições defensivas, parecendo por vezes apesar da sua estampa física algo macio e lento não conseguindo travar as investidas do adversário, é um jogador que claramente neste capitulo beneficia de alguma liberdade, mas idealmente seria melhor ter um pouco mais de qualidade neste aspecto.

O futuro de Gabriel poderá passar pelo futebol português, mas a única coisa que é certa é que já mostrou ser um jogador capaz de dar o salto para uma equipa com mais aspirações que o Leganés e se Gabriel conseguir manter um nível alto como teve na temporada passada bem como melhorar no aspecto defensivo, poderá estar aqui um médio de enorme qualidade.

Sobre o Autor

Miguel Palma

Nascido em Lisboa a 24 de Outubro de 1992, técnico de Informática de ofício e um apaixonado por futebol. Paixão essa que levou a um aprofundamento e um estudo sobre futebol. Grande espírito nostálgico que levou a uma viagem pela história deste desporto, um adepto do futebol romântico. A missão, agora, é conhecer e dar a conhecer talentos emergentes.

Artigos relacionados