Menu Close

Aos 17 anos de idade Ísak Jóhannesson já é um dos valores seguros do futebol nórdico, mais concretamente da Islândia, onde recentemente se estreou pelos Sub-21. O jovem extremo tem sido um dos destaques do campeonato sueco. Alinha no Norrköping e este ano já leva 3 golos e 9 assistências em 21 jogos.

MOMENTO DEFENSIVO

É um jogador comprometido na fase defensiva, apesar de ainda precisar de crescer muito em termos de agressividade nos duelos físicos, posicionamento defensivo e timing de pressão e desarme. Apresenta uma boa disponibilidade física e capacidade para apoiar o seu lateral em missões defensivas.

Fruto da sua juventude e falta de experiência, é um jogador ainda em processo de desenvolvimento e tem muito para evoluir no capítulo defensivo. Por vezes procura sair rapidamente na pressão ao portador e acaba por ser ultrapassado, ainda que consiga recuperar a sua posição devido à sua velocidade e mobilidade. No momento do desarme tenta jogar em antecipação em vez de aguentar a posição.

MOMENTO OFENSIVO

O canhoto de 17 anos pode jogar em qualquer posição do meio campo ofensivo, embora jogue preferencialmente pelo lado esquerdo do ataque. Mesmo sendo canhoto apresenta qualidade com o pé direito e sente-se confortável a pisar terrenos interiores e no lado direito.

Demonstra uma maturidade táctica muito avançada para a sua idade, ainda por cima num contexto competitivo pouco estimulante para um jogador com as suas características. É um jogador diferenciado a nível técnico e por isso destaca-se na Allsvenskan. Excelente relação com bola, sem receio de ir para cima dos adversários no 1×1, móvel, irreverente e com qualidade a nível de leitura de jogo e passe. Tacticamente é um jogador inteligente que consegue descobrir espaços entre linhas e aparecer em zona de finalização.

É rápido e imprevisível nas suas acções ofensivas. Tanto pode procurar a linha de fundo para cruzar como explorar zonas interiores. Consegue ditar o ritmo do jogo através da sua velocidade em progressão com bola ou a qualidade de passe, servindo muito bem os seus colegas com bolas em profundidade ou passes interiores para quebrar as linhas de pressão.

GRANDES PALCOS EUROPEUS

Aos 17 anos é um dos jogadores em destaque dos campeonatos nórdicos e o salto para os grandes palcos europeus deve estar para breve. Depois da estreia nos Sub 21 da Islândia, as próximas etapas passam por uma transferência para um contexto competitivo superior onde possa dar continuidade ao seu desenvolvimento e também a chamada à selecção principal do seu país.

Ísak Jóhannesson é um jovem de 2003 com potencial para vir a ser uma referência no futebol europeu nos próximos anos, dependendo daquilo que será o seu processo de evolução e adaptação a uma realidade mais competitiva onde não terá tanto espaço para pensar e executar. Pelas características e perfil que evidencia, podemos ver o extremo islandês muito em breve nas principais ligas europeias.