Menu Fechar

Krzysztof Piatek

Natural de Dzierzoniów, uma pequena cidade localizada a sudoeste da Polónia, Krzysztof Piatek é um jovem ponta-de-lança de 23 anos, internacional sub-20 e sub-21, que começa a despontar a cobiça dos principais tubarões europeus devido ao seu grande arranque de época no Génova. Fez a sua estreia como profissional em 2014 pelo Zaglebie Lubin e foi elevando o seu estatuto nos anos seguintes, tendo feito a sua melhor época em 2017/2018 pelo KS Cracóvia onde apontou 21 golos (nenhum jogador polaco marcava tantos golos no campeonato local desde 2013/2014), o que lhe permitiu garantir o passe para o Génova por 4 milhões de euros no último mercado de transferências.

Piatek tem uma composição física e postura típicas de um ponta-de-lança (1,83m e 77kg) o que lhe possibilita ter uma grande presença na área e ser a referência da equipa do Génova no ataque. É um jogador com um remate forte e que consegue usar bem os dois pés tornando-o bastante imprevisível, para os defesas e guarda-redes adversários, no momento da finalização. Para complementar, junta a estas qualidades a facilidade no cabeceamento, o que lhe possibilita ser um avançado exímio em frente à baliza. Outra das suas grandes características é a objetividade que demonstra quando tem a bola, o que lhe possibilitou colocar o nome nos marcadores por 10 vezes até ao momento.

No capítulo ofensivo é uma mais-valia para o jogo da sua equipa visto que é bastante móvel o que lhe permite abrir espaços na defesa contrária para a entrada dos seus colegas. Demonstra, também, grande capacidade de percepção e inteligência tática ao estar no sítio certo para conseguir finalizar da melhor forma. Como pontos a melhorar tem o seu jogo de costas e capacidade de decisão, dado que muitas vezes por se encontrar sozinho na frente de ataque deverá conseguir manter a bola em sua posse e esperar pelos seus colegas para realizarem jogadas de maior perigo, invés de optar constantemente pelo remate.

No momento defensivo é a unidade-menos da equipa pelo que deve melhorar, principalmente, no momento de pressão ao portador da bola que é cada vez mais exigido aos pontas-de-lança da atualidade.

Chegou esta época a um dos campeonatos Big-5 e já demonstra qualidades e números de um grande ponta-de-lança ao apontar dez golos em seis jogos. A continuar assim, rapidamente estará numa equipa de maiores ambições e será a futura grande referência do ataque polaco após Lewandowski.