Liga NOS, eles estão a chegar! (Parte I)

Liga NOS, eles estão a chegar! (Parte I)

A festa da Taça está de volta ao futebol português. A 3ª eliminatória da Taça de Portugal arranca já esta quinta-feira num jogo entre o Sertanense e o SL Benfica.

Esta época estamos a seguir de perto o Campeonato de Portugal e não podíamos deixar passar esta oportunidade de dar a conhecer alguns dos maiores talentos desta competição. Num artigo dividido em duas partes, destacamos três jogadores de cada equipa que irá defrontar um conjunto da Liga NOS nesta eliminatória. No total são 14 equipas, 42 jogadores e 42 vídeos. O critério na escolha dos nomes teve como base o index do Instat, idade e estatísticas desta época e das anteriores.

A observação de equipas e jogadores do Campeonato de Portugal é um dos nossos serviços esta temporada. Se estiverem interessados em mais informações podem entrar em contacto connosco: geral@proscout.pt.

Sertanense vs SL Benfica

Rafa Santos – Guarda-Redes – 24 anos – Brasil

O jovem brasileiro natural do Rio de Janeiro chegou a Portugal na época de 2015/2016 para representar o Perolivense, depois de passagens na formação do Botafogo e América Mineiro. Seguiram-se passagens pelo Elvas, Quarteirense, Juventude Évora, Águeda e Oriental, até chegar esta temporada ao Sertanense. Foi titular nos dois jogos da Taça de Portugal, onde sofreu apenas 1 golo. No Campeonato de Portugal, em 6 partidas disputadas, leva somente 2 golos sofridos. Guarda-redes de reflexos rápidos, ágil e seguro entre os postes.

 
 

Tito Júnior – Defesa Direito – 23 anos – Portugal/Guiné-Bissau

Após ter feito toda a formação no Sport Lisboa e Cartaxo, estreou-se ainda com idade de júnior de 1º ano na equipa principal desse emblema. Convenceu a UD Leiria a adquirir o seu passe e lá permaneceu apenas uma época, actuando na equipa de sub-19. Daí, na época 2014/2015 deu o salto para a Naval 1º de Maio, que à altura disputava o Campeonato de Portugal e aí permaneceu durante duas épocas sendo titular indiscutível. Em 2016/17 muda-se para a Sertã e aí está desde então, levando já 75 jogos pelo Sertanense, apontando 4 golos. Esta época participou em 9 jogos, sendo um dos totalistas da equipa. É um jogador rápido, que dá bastante profundidade ao flanco e que gosta de se inserir na manobra ofensiva da equipa.

 
 

Hugo Barbosa – Médio Centro – 20 anos – Portugal

Hugo Barbosa é um jogador cujo percurso pela formação foi partilhado por 4 clubes: Sporting Lourel, 1º Dezembro, Sporting CP e Estoril Praia. Na última época, esteve ao serviço do Atlético da Malveira, da AF Lisboa Pro-Nacional, onde realizou apenas 2 partidas. O Sertanense entrou em acção neste último defeso de verão e garantiu a sua contratação. Desde aí, Hugo tem sido titular habitual no meio-campo e um dos destaques da equipa, com 9 jogos realizados e 2 golos apontados. Médio de perfil técnico apurado e que gosta de coordenar as manobras ofensivas da equipa em ataque posicional.

 

 

 

Moura vs Marítimo

Ruben Nola – Avançado – 22 anos – Portugal/Guiné-Bissau

Avançado de grande estampa física, Rúben Nola começou a sua carreira rodando alguns clubes da grande Lisboa, nomeadamente, Ponte de Frielas, Pinheiro Loures, e Unidos de Lisboa. No último ano de júnior, em 2014/2015, muda-se para o Torreense, onde permanece por 2 épocas tendo feito ainda nessa época a estreia no Campeonato de Portugal. Nas 2 épocas seguintes disputou a AF Lisboa Pro-Nacional pelo Coutada e Alverca e as suas exibições despertaram o interesse do Forno de Algodres (do Campeonato de Portugal) que o contratou na época transacta. Nova época volvida e foi a vez do Moura receber Rúben nos seus quadros competitivos. Leva 10 jogos e 3 golos. Como referido é um ponta de lança de grande estampa física (192 cm), muito forte e que se sente confortável em receber a bola de costas para a baliza.

 

 

 

Daniel Coutinho – Defesa Direito – 23 anos – Portugal

O lateral direito português, é mais um globetrotter no que toca aos seus clubes de formação – Odivelas, Casa Pia e Chaves. Chegado a sénior, em 2014/2015, regressa ao Casa Pia, clube que militava no Campeonato de Portugal e que lhe concedeu os primeiros minutos a esse nível. Nas três temporadas seguintes jogou em quatro clubes, a saber, União de Santiago, Eléctrico de Ponte de Sôr, Ericeirense e Atlético da Malveira. Esta época assina pelo Moura e tem estado de pedra e cal na defesa dos alentejanos, contando com 8 partidas já realizadas esta época. Defesa de boa capacidade física e forte ao choque.

 
 

Guilherme Silva – Médio Centro – 23 anos – Brasil

Médio centro de cariz ofensivo, Guilherme é um jogador que a nível da base, começou inicialmente pelo Volta Redonda, passando depois por dois gigantes do futebol brasileiro – Vasco e Flamengo. No escalão de sub-19 volta ao Volta Redonda e na época seguinte estreia-se pela equipa principal desse mesmo clube, em jogos a contar para o Campeonato Estadual do Rio de Janeiro. Em 2015/2016 fez a travessia do Atlântico e chega ao AR São Martinho. Em 2 épocas no emblema de Santo Tirso, fez 36 jogos no Campeonato de Portugal, marcando 5 golos. Mudou-se em 2017/2018 para o Eléctrico de Ponte de Sôr, participando em 12 partidas, onde obteve 1 golo. Esta é a sua primeira época ao serviço do Moura, mas rapidamente tem vindo a impor a sua lei: tem sido um dos indiscutíveis da equipa do Alentejo, levando 10 jogos na época. É um jogador com boa qualidade técnica e que de grande capacidade nas bolas paradas ofensivas.

 
Fátima vs Boavista

Jeka – Avançado – 20 anos – Ucrânia

Yevhenii Serdiuk, ou como é conhecido no mundo de futebol, Jeka, é um avançado que tem mostrado apetência para o golo. Conhecendo apenas um clube na carreira, pode-se dizer que é um jogador que está identificado com o projecto futebolístico do CD Fátima. Na última época fez 17 jogos pela equipa principal do Fátima, obtendo 7 golos marcados. Na corrente época, em apenas 8 jogos já praticamente atingiu essa marca, fixando-se actualmente em 5 golos. É um jogador rápido, forte nas desmarcações sem bola e com boa capacidade de finalização.

 
Andrey – Defesa Esquerdo – 20 anos – Brasil

Andrey Yago da Silva Mesquita Almeida cumpre a sua primeira temporada em terras lusitanas. Proveniente do Joseense, um clube modesto do estado de São Paulo, que joga na II Divisão Paulista. No GD Fátima, Andrey tem sido o escolhido para preencher a vaga de lateral esquerdo na defesa da equipa orientada por Nuno ‘Kata’ Cunha. Conta com 8 jogos, sendo que apenas num deles não fez os 90 minutos da partida.  É um lateral, sólido a defender, mas que não dá muita profundidade à ala e que dá preferência a cruzamentos de zonas mais afastadas da área contrária.

 

 
Valerio Vimercati – Guarda-Redes – 23 anos – Itália

O terceiro nome destacado na equipa do Fátima é mais um estrangeiro, mas desta vez de Itália, país com uma tradição enorme em formar guarda-redes de elite. Valerio começou a carreira, no escalão sub16, ao serviço dos gigantes italianos AC Milan e após esse período rodou vários clubes italianos de valia um pouco mais modesta: Pro Vercelli, Spezia, Delta Porto Tolle Rovigo e US Caravaggio. Em 2016/2017, aos 21 anos chega ao Campeonato de Portugal e cedo conquistou o lugar nas balizas do Fátima.  No acumulado das épocas ao serviço dos fatimenses, Valerio soma 64 jogos, 7 dos quais realizados já na época corrente, tendo sofrido igualmente 7 golos. É um guarda-redes de reflexos muito apurados, grande capacidade de reacção e com bom comando da linha defensiva. Forte em situações de 1×1 na cara do adversário.

 
Loures vs Sporting CP

Jamil Rodríguez – Defesa Central – 21 anos – Colômbia

O jovem colombiano chegou a terras portuguesas em 2016/2017 para representar o Quarteirense depois de ter alinhado no CD Pedro Sellares da Colômbia. Seguiu-se uma experiência no Armacenenses na temporada anterior onde apenas alinhou em 11 partidas e esta época procura o seu espaço de afirmação no Loures com 9 jogos e 2 golos até ao momento. Jamil é um central muito possante, robusto e difícil de ultrapassar no jogo aéreo. Apesar de não ser muito veloz acaba por compensar com o seu posicionamento e a forma como faz a leitura das jogadas, antecipando-se aos adversários ou dobrando os seus colegas do sector defensivo. Será um dos obstáculos que o Sporting CP terá de ultrapassar para chegar à próxima eliminatória.

 
Luís Elói – Extremo – 22 anos – Portugal

O pequeno extremo natural de Lisboa irá defrontar o clube que apostou em si e o lançou no futebol sénior. Luís Elói começou a dar os primeiros passos no futebol no CAC mas teve passagens pelo Sporting CP e Vitória FC na sua formação. Foi no Sporting B que alinhou os primeiros minutos como jogador sénior onde esteve 3 épocas, antes de ser emprestado ao Sintrense na temporada 2017/2018. Hoje alinha no Loures e é um dos jogadores mais importantes na manobra ofensiva da equipa. Pequeno, ágil, veloz, irreverente e evoluído tecnicamente. Estas são as características do extremo português que pode actuar nas duas faixas. Apontou um golo em 7 partidas esta época.

 
Fábio Marinheiro – Defesa Central – 29 anos – Portugal

O central de 29 anos e capitão de equipa continua a dar cartas no futebol português. Formado no clube da sua terra, Montijo, passou depois por vários clubes como o União Montemor, Alcochetense, Casa Pia, Estrela Vendas Novas, Fabril, Atlético e Benfica Castelo Branco. As boas exibições em Castelo Branco valeram-lhe uma passagem para a 2ª liga onde representou o Olhanense. Disputou mais de 40 jogos numa época e meia, seguindo depois o seu caminho para o Mafra e Sintrense. Esta época chegou ao Loures e assumiu desde logo a braçadeira de capitão. Um central muito experiente com bom sentido posicional, forte no jogo aéreo e no desarme. Um jogador com grande disponibilidade física e que nunca vira a cara à luta. Será uma barreira difícil de contar no próximo sábado.

 
Armacenenses vs Vitória FC

Yaggo Gomes – Avançado – 25 anos – Brasil

Yaggo chegou a Portugal muito jovem depois de ter passado pela formação do Flamengo. Em 2008/2009 aterra no Algarve para jogar pelos juvenis do Farense. Depois de várias passagens por clubes algarvios, em 2016/2017 foi conhecer os sabores de Beja onde representou o Castrense durante uma época e meia para de seguida voltar novamente ao Algarve, mais concretamente ao Armacenenses. Na época passada em 13 partidas apontou 2 golos, esta temporada já leva 4 em 9 jogos. Um avançado móvel que costuma jogar a partir da esquerda. Rápido, ágil e que gosta de procurar jogo em posições mais recuadas para depois encarar os adversários de frente e fazer uso das suas qualidades técnicas.

 
Márcio Meira – Extremo – 24 anos – Portugal

Do Minho para Armação de Pêra. Podia ser a história de vida de Márcio Meira, o jovem médio ofensivo de 24 anos que começou a sua carreira no Vitória SC e no Vizela para no último ano de juniores deixar o Norte do país para assinar pelo Farense. Desde então nunca mais largou as terras algarvias e nas últimas duas épocas tem alinhado no Armacenenses. Em 2017/2018 apontou 3 golos em 31 partidas. Esta época já igualou o número de golos em apenas 10 jogos. Pode jogar como extremo nas duas faixas ou ainda médio ofensivo. Rápido, irreverente e forte tecnicamente. Um jogador que salta logo à vista pela facilidade com que trata a bola.

 
Elvis – Defesa Esquerdo – 21 anos – Cabo Verde

Edmilson ou Elvis como é conhecido no mundo do futebol passou pelo Catujalense, Atlético Poense, Loures e CD Gouveia na sua formação. Em 2017/2018 foi convidado pelo Armacenenses depois de uma época no CD Gouveia de grande regularidade onde participou em 33 partidas. Nessa temporada no conjunto algarvio completou 30 jogos e esta época já leva 10 encontros e um golo. Um lateral esquerdo que privilegia o seu posicionamento defensivo e ataca com critério e qualidade, combinando bem como o seu extremo. Tem uma excelente capacidade para os lançamentos longos e cruza com qualidade.

 

Torreense vs Rio Ave

Rui Batalha – Extremo 22 anos – Portugal                          

Deu os primeiros toques na bola no Encarnacense, passando depois pela formação do Sporting CP ainda muito novo. Passou ainda pelas formações de: Mafra, Sintrense, Sacavenense e Gil Vicente. Como sénior estreou-se no Malveira então orientado por Luís Silva mas foi na época seguinte no Loures que fez a sua melhor época com 15 golos em 33 jogos, de seguida ingressou no Torreense onde está a “explodir” com golos e assistências nesta sua 2ª época em Torres Vedras. Extremo muito rápido, com boa capacidade de finalização. Muito forte em transição ofensiva e exímio nas bolas paradas.

 

Nuno Hidalgo – Guarda-Redes – 26 anos – Portugal         

Começou na formação do Sporting CP, mas foi no Torreense que fez praticamente toda a sua formação e primeiro ano de sénior. No segundo ano de sénior foi emprestado ao Malveira onde se assumiu como titular até voltar ao Torreense. Seguiram-se passagens por Loures e Benfica Castelo Branco onde esteve a um passo de subir à segunda Liga. Internacional português de futebol de praia, regressou ao Loures para 2 épocas e depois ao Torreense onde fazer a segunda época consecutiva. Guarda-redes rápido e muito ágil entre os postes, com bom jogo de pés e muita segurança fora da baliza.

 
 

Hélio Vaz – Extremo – 27 anos – Portugal         

Deu os primeiros passos no Olímpico do Montijo mas rapidamente atraiu as atenções do SL Benfica onde completou a sua formação, tendo por diversas vezes integrando os treinos da equipa na altura orientada por Jorge Jesus. Uma lesão atrasou a sua oportunidade na equipa sénior e seguiram-se empréstimos sucessivos a Mafra,  Tondela,  Casa Pia e Atlético. Acabado o seu contrato com o SL Benfica ingressou no Leiria onde esteve 3 épocas e mostrou o seu melhor futebol. Após nova lesão ingressou no Peniche onde atraiu as atenções do Torreense onde está na 3ª época. Extremo veloz, bom tecnicamente e com muita capacidade de cruzamento, tem também boa finalização o que lhe tem permitido bons números de golos ao longo da carreira.

 

São Martinho vs Moreirense

João Abreu – Médio Centro – 24 anos – Portugal

O jovem médio do São Martinho nasceu em 1994 e fez a sua formação no Vitória SC, Os Sandinenses e Moreirense. Na sua primeira experiência como sénior foi cedido pela equipa de Moreira de Cónegos ao Lixa. Seguiu-se uma passagem pelo GD Serzedelo, Cinfães, novamente no Serzedelo e por fim no Caçadores das Taipas onde alinhou na última temporada. Os 35 jogos e 10 golos levaram a que João Abreu assinasse esta época pelo São Martinho onde já soma 10 partidas e um golo. Trata-se de um médio centro que gosta de definir e organizar o processo ofensivo da sua equipa. Jogador de processos simples com qualidade de passe e que procura constantemente servir os seus colegas em profundidade.

 

George Ofosu – Extremo Esquerdo – 24 anos – Gana

O extremo ganês de 24 completou a sua formação em Espanha e chegou a Portugal na época de 2015/2016 para representar a AD Oliveirense. Passou depois pelo Vila Real, Valadares Gaia e Canelas 2010. Esta temporada fixou-se no São Martinho depois de 6 golos e 31 jogos pelo Canelas na época transacta. Ofosu é o melhor marcador da sua equipa no campeonato com 4 golos em 8 partidas. É um extremo que parte da esquerda para desequilibrar através da sua velocidade e agilidade. Aparece muitas vezes solto ao segundo poste a finalizar.

 

Vasco Costa – Avançado – 27 anos – Portugal

O avançado natural de Ponte de Lima é um dos jogadores com mais currículo no São Martinho. Alinhou durante as camadas jovens no Limianos, Vitorino das Donas e Luciano Sousa mas foi no Limianos que se destacou. Em 2014/2015 fez parte do plantel do Fafe que venceu a Série A e isso valeu-lhe um passaporte para a Liga NOS onde representou o Vitória FC por duas épocas e meia. O ano passado foi contrato pelo Famalicão mas não teve o sucesso desejado. Assinou pelo São Martinho esta época e em 10 partidas leva 4 golos, sendo que 3 deles foram na Taça de Portugal. Um avançado móvel muito disponível que gosta de trabalhar para a equipa e servir os seus companheiros. Pode jogar mais solto e no apoio a um ponta de lança mais fixo ou também pode descair nas faixas.

 

*Artigo escrito por Francisco Gomes da Silva, David Almeida, Miguel Palma e Frederico Gomes

Sobre o Autor

ProScout

A ProScout analisa o futebol do ponto de vista individual e colectivo, procurando identificar dinâmicas que possam ser discutidas no âmbito do contexto técnico-táctico.

Artigos relacionados