Menu Close
[:pt]

Um dos factos que marcou este verão, foi a chegada de José Mourinho a Old Trafford, para liderar a equipa técnica do Manchester United. Esta época, a cidade de Manchester está, sem sombra de dúvida, marcada pela rivalidade entre Pep Guardiola e José Mourinho. Recorde-se que o espanhol deixou o Bayern para treinar o Manchester City.

José Mourinho herdou um United que não irá disputar a Liga dos Campeões, depois de uma temporada em que os “Red Devils” ficaram em 5º lugar na Premier League e que conquistaram a Taça de Inglaterra. Nas competições europeias, não passaram da fase de grupos da Liga dos Campeões caindo para a Liga Europa, tendo sido eliminados nos 1/8 de final, pelo Liverpool de Klopp.

Para reforçar o plantel à disposição do treinador português, chegaram Paul Pogba, a transferência mais cara de sempre no futebol mundial, cerca de 105 M€, proveniente da Juventus. O goleador sueco, Zlatan Ibrahimović que deixou o Paris Saint-Germain no final da época passada e ingressou a custo zero. De Espanha, mais concretamente do Villarreal, veio o defesa central costa-marfinense, Eric Bailly. Por fim, o médio, Henrikh Mkhitaryan, viajou de Dortmund para Manchester.

José Mourinho iniciou a época assim, com estes reforços a juntar aos talentos de Rooney, De Gea, Martial, Mata, Blind, Valencia e ainda Fellaini, jogadores que neste arranque de época invencível dos “Red Devils” têm sido os mais utilizados. O desafio era grande, mas, mais uma vez, o treinador português iniciou a sua caminhada na liderança do Manchester United com vitórias.

Na Supertaça de Inglaterra, venceram o surpreendente campeão inglês da época passada, o Leicester, por 2-1, com golos de Zlatan Ibrahimović e de Lingard.

À entrada para a 4ª jornada da Premier League, o Manchester United mantém-se invicto a par dos rivais do Manchester City e do Chelsea, ambos com 9 pontos, contando por vitórias os jogos disputados. Na primeira jornada frente ao Bournemouth  venceram por 3-1, com Ibrahimović, Rooney e Mata a deixarem o seu nome no placard dos marcadores. Na 2ª jornada, ditou o sorteio que defrontassem o Southampton de Cédric Soares e de José Fonte, com, mais uma vez, o goleador sueco a ser decisivo, ao apontar os dois golos do encontro. Na passada semana, foi a vez de enfrentar o Hull City, no jogo onde a equipa do norte de Inglaterra teve mais dificuldades para atingir o seu objectivo. Nesta partida, o empate teimava em subsistir até que aos 93 minutos, altura em que apareceu Rashford a marcar o golo da vitória, salvando os três pontos para a equipa de Mourinho.

O sorteio da Liga Europa, ditou que o United integrará o Grupo A, composto ainda pelos turcos do Fenerbahçe, os holandeses do Feyenoord e por fim, os ucranianos do Zorya. Um grupo que se prevê acessível para os pupilos de Mourinho, onde são claramente os favoritos a vencer. Aliás, nesta prova, o Manchester United é um dos favoritos à vitória.

Na melhor liga do mundo, a Premier League, José Mourinho segue com três vitórias e já conquistou um título, a Supertaça de Inglaterra. Uma equipa com várias soluções em todas as posições, com estrelas como Rooney, Ibrahimović e Pogba, aliada à competência do treinador português, sendo, por isso, um caso sério no ataque ao título. A minha aposta vai para o Manchester United, liderado por José Mourinho, conquistar o título de campeão inglês e quem sabe vencendo a Liga Europa, ou mais alguma das competições internas. Por este arranque de temporada, isto promete!

[:]