Menu Fechar

Matías Zaracho

O Racing Club sagrou-se, no passado mês de Abril, campeão argentino e para isso muito contribuiu Matias Zaracho, jovem de 21 anos, que foi uma das peças importantes para a conquista desse título.

Uma das suas maiores qualidades é a versatilidade que põe à disposição do seu treinador. Quando começou a aparecer na equipa principal do Racing, começou por jogar a 6/8, mas hoje em dia é um médio-ofensivo que pode jogar em qualquer uma das três faixas do terreno. Esta sua característica permite-lhe adaptar-se extremamente bem a qualquer sistema tático apresentado pela equipa que representa.

Outra das suas qualidades é a sua excelente capacidade de passe. Na época que agora findou, Zaracho terminou a Primera División com uma percentagem de passes acertados de cerca de 88%. É também bastante fiável no capítulo do cruzamento.

O que salta ainda à vista neste jogador é o seu compromisso defensivo, algo raro de se ver em jogadores ofensivos com esta idade. Várias vezes o vemos a descer no terreno para contribuir positivamente no processo defensivo do Racing.

Tendo em conta as suas características: forte no passe, exímio no transporte de bola e com grande sentido defensivo, penso que, se um dia der o salto para a Europa, voltará a jogar no centro do terreno, tal como no início da sua carreira. Um pouco à imagem de, por exemplo, Enzo Pérez – extremo na Argentina, box-to-box na Europa.