Pablo Maffeo

Pablo Maffeo

Pablo Carmine Maffeo Becerra é o nome deste jovem lateral direito que joga no Estugarda. Formado numa fase inicial pelo Espanyol, terminou a sua etapa de futebol de formação na academia do Manchester City quando se transferiu para lá em 2013.  Em Janeiro de 2015 foi emprestado pela primeira vez ao Girona, empréstimo que se repetiu um ano depois, em Janeiro de 2016, onde foi peça importante na subida de divisão do clube espanhol. Finalmente na época 2017/18 fez a época toda no Girona, cumprindo, assim o 3º empréstimo sucessivo à mesma equipa. Desde cedo agarrou o lugar no lado direito do sistema 3x4x2x1 usado por Pablo Machín e as suas exibições asseguraram-lhe uma transferência para o Estugarda por 9 M€.

Maffeo é um lateral que não tem medo de subir pelo seu corredor, assim como não vira a cara à luta quando chega a hora de defender. Já demonstrou que se adapta igualmente bem a sistemas de 3 ou 4 defesas, sendo sempre capaz de demonstrar toda a sua qualidade. A velocidade que apresenta quer sem bola, quer na progressão com a mesma é a maior qualidade que salta à vista. Desmarca-se facilmente e aparece quase sempre bem a oferecer linhas de passe. Defensivamente é também um lateral bastante fiável, onde, mais uma vez, faz da sua velocidade a sua maior arma.

O seu ponto mais fraco é a sua compleição física, não é especialmente forte nos duelos físicos e normalmente denota fragilidades nesse aspeto do jogo. Ofensivamente deve melhorar os seus cruzamentos, apesar de ser um lateral bastante ofensivo não apresenta grandes números no capítulo das assistências. Na época passada, na La Liga, concretizou apenas 2 assistências em 33 jogos.

É um dos jovens mais promissores e entusiasmantes da sua posição e no futuro irá certamente valer muito mais que os 9 M€ que o Estugarda pagou para o ter no seu plantel.

Sobre o Autor

Miguel Coelho

Nascido a meio da década de 90, desde cedo despertou nele a curiosidade e atenção pelo futebol. É actualmente estudante universitário e foi praticante da modalidade durante alguns anos nas camadas jovens, sendo nos dias de hoje um mero espectador e apaixonado pelo desporto-rei.

Artigos relacionados