Menu Close

[:pt]Palmeiras: antes e depois de Felipão[:]

[:pt]A Sociedade Esportiva Palmeiras classificou-se para às semifinais na actual edição da Copa Libertadores da América. Foi o quarto jogo com Luiz Felipe Scolari como seu treinador. Na primeira fase da competição, o clube foi comandado por Roger Machado, que mesmo com a melhor campanha durante a fase de grupos e com óptimos números (16 pontos ganhos de 18 possíveis), acabou sendo demitido. Será que seus números não eram suficientes para comandar a equipe durante o restante da competição?

Analisando os dados fornecidos pelos Instat Football®, podemos perceber alguns dados que podem ajudar a explicar as diferenças entre as equipes após a mudança de treinador. Mesmo que o Palmeiras de Roger tenha apresentado um aproveitamento superior ao actual de Felipão, alguns dados mostram que a implementação de um novo padrão de jogo tem sido bastante eficiente.

 

ROGER MACHADO LUIZ FELIPE SCOLARI
16 Pontos ganhos 9
88,88% Aproveitamento de pontos 75%
53,5% Posse de bola 38,5%
13,83 Finalizações certas 8
33,33% Aproveitamento das finalizações 42%
516,5 Passes certos 352,75
85,50% Aproveitamento dos passes 77%
7,33 Cruzamentos 3,75
21,33% Aproveitamentos dos cruzamentos 48,25%
54,17 Perdas de bola 61
51,17 Bolas recuperadas 54
2,33 Golos marcados (média) 1,5
0,5 Golos sofridos (média) 0,25

 

Os números acima mostram com bastante clareza os estilos de jogo dos dois treinadores. Enquanto Roger Machado procura a manutenção da posse de bola (53,5%), utilizando um sistema de jogo que permite diversas trocas de passe (516,5 em média), Felipão prefere um estilo de jogo mais pragmático, eficiente e directo, visando um melhor aproveitamento da posse de bola através de uma maior eficácia nas finalizações em golo (42%). Os vídeos abaixo mostram que os jogadores sob as ordens do antigo treinador da selecção portuguesa e brasileira trabalham menos posse de bola quando estão perto da área, buscando a finalização sempre que possível, o que vem resultando em melhor aproveitamento das acções ofensivas. Jogadas de bolas paradas e jogadas individuais também tem sido bastante utilizadas.

Esses indicam que, mesmo com poucas diferenças entre os números, há um notável distanciamento entre os estilos de jogo dos dois treinadores, a qual é facilmente perceptível pela diferença entre a quantidade de posse de bola, a quantidade de passes trocados por jogo e o aproveitamento das finalizações. Na próxima fase o Palmeiras jogará contra o Club Atlético Boca Juniors, o qual já foi seu adversário durante a fase de grupos dessa edição. O embate entre as duas equipes poderá ser um excelente parâmetro de comparação entre Roger Machado e Luiz Felipe Scolari.

 

Vídeo 1 – Exemplo de golo marcado e finalização com posse pelo Palmeiras de Roger

 

 

https://streamable.com/mdvjv

https://streamable.com/ymgjr

 

Vídeo 2 – Exemplo de golo marcado e de finalização com o Felipão.

https://streamable.com/ip312

https://streamable.com/hjg8y

 

 [:]