Menu Close

Phil Foden é uma das promessas mais entusiasmantes atualmente. O jogador do Manchester City é frequentemente elogiado por Guardiola, que admitiu que Foden “não se vende nem por 500 milhões”. Para além disto, o técnico espanhol referiu que o inglês é o jogador mais talentoso que já viu. De facto, o jovem de 19 anos é um craque e tem tido cada vez mais oportunidades nos ‘citizens’. É uma ótima solução a sair do banco, mas sempre que joga de início tem uma possibilidade maior de mostrar toda a sua qualidade.

Atua como médio mais descaído para a meia direita, onde se sente mais confortável, mas também onde pode dar mais uso ao seu pé esquerdo, orientando-se para dentro para ficar de frente para o jogo com o seu pé preferido. É um médio que pressiona bem e é combativo a nível defensivo, importante nas equipas de Guardiola, para recuperar a posse mal a equipa a perca.

Mas é a nível ofensivo que se destaca. O seu posicionamento é excelente, sabe quando abrir no tempo certo e quando jogar por dentro. Posiciona-se muitas vezes entre linhas e orienta o corpo já para a linha de passe que definiu previamente, conseguindo assim jogar bem a um/dois toques. O seu timing de corrida é ótimo, temporiza muito bem os movimentos de rotura e entradas na profundidade. Analisa e executa rapidamente e joga de forma simples, o que raramente é fácil. Tem uma técnica de execução fantástica, que aliada à sua visão de jogo, fazem de Foden um dos médios mais promissores para a próxima década.