Menu Close
[:pt]Portugal depois de ter feito história em 2016, após vencer o Euro, participa pela primeira vez na Taça das Confederações. Esta competição, existe desde 1992 e que se realizou nesse ano na Arábia Saudita.

Entre os vencedores, destaque para o Brasil com quatro troféus, seguido pela França que venceu por duas ocasiões e com uma vitória existe ainda, a Argentina, a Dinamarca e o México em 1999.

Ditou o sorteio que a primeira participação de Portugal na Taça das Confederações, a equipa lusa ia ter como adversários o México que garantiu lugar pela CONCACAF, a Nova Zelândia vencedor da OFC e o país anfitrião a Rússia, integrando o grupo A.

O grupo B é composto pela campeã do mundo Alemanha, pelo Chile bicampeão da Copa América, os Camarões vencedores da CAN e pela Austrália vencedor da Taça da Ásia de 2015.

Portugal é um dos favoritos à conquista da prova, conjuntamente com o Chile e a Alemanha, são estas as três seleções mais fortes desta Taça das Confederações.

No grupo A, Portugal em condições normais irá seguir em frente e assegurar a passagem à meia-final. Um coletivo forte, muito unido e que tem como líder, o melhor do mundo, Cristiano Ronaldo. Na primeira jornada, a equipa das “quinas” defronta um dos adversários teoricamente mais difíceis, o México, que conta com Carlos Vela, Layún, Guardado, Chicharito, Jiménez, Hector Moreno, entre outros. É importante entrar a vencer, até porque Portugal irá ainda, enfrentar a anfitriã Rússia.

Portugal tem assim condições para entrar em qualquer campo para vencer, uma grande equipa com muitos talentos. Podemos continuar a fazer história nesta Taça das Confederações.[:]