Menu Fechar

Wilmar Barrios

Wilmar Barrios nasceu a 16 de Outubro de 1993 em Cartagena das Índias. O médio defensivo de 25 anos começou no Deportes Talima e em 2016 rumou à Argentina para representar o Boca Juniors onde se fixou como um dos médios mais pretendidos da actualidade. Aos 25 anos, Barrios, já conta com 14 internacionalizações, 3 das quais no Mundial na Rússia este ano.

As boas exibições nos últimos meses despertaram a atenção do Tottenham. Os últimos rumores indicam que os Spurs já garantiram o passe do colombiano para Janeiro a troco de 23 milhões de euros.

Barrios destaca-se pela sua capacidade defensiva. O médio mais defensivo do BOCA apresenta uma excelente leitura táctica na forma como se posiciona em campo. Sabe ler o jogo e pressionar quando é necessário para travar os ataques contrários, condicionando a saída de bola e obrigando os jogadores adversários a temporizarem e voltarem atrás. Forte na pressão, contenção e especialmente nos desarmes com uma média de 5 nos últimos 20 jogos e uma taxa de sucesso de 69%. Outro dos registos impressionantes do colombiano são as 8 posses de bola que recupera e os 4.2 duelos aéreos que disputa em média por partida.

No plano ofensivo, precisa de melhorar a qualidade de passe. É um jogador interventivo neste capítulo do jogo com 49 passes por encontro e uma elevada taxa de sucesso (89%) mas arrisca pouco nesta situação e prefere soltar curto nos seus colegas para eles depois organizarem. Os 0.1 passes chave que faz por jogo são representativos da ausência de risco nesta situação. Por outro lado, Barrios destaca-se pela sua velocidade e técnica. Não tem problemas em recuperar a bola no seu meio-campo defensivo e procurar desequilíbrios através de dribles (1.7 por jogo com 83% de eficácia) e progressão com bola controlada.

O colombiano é peça fundamental no conjunto orientado por Guillermo Schelotto, sendo totalista nos 6 jogos disputados na fase a eliminar desde os oitavos de final até às meias finais.

O médio de 25 anos ainda precisa de crescer em alguns aspectos do seu jogo, nomeadamente a nível ofensivo, para poder ser uma opção viável no Tottenham a partir de Janeiro. Mas para já o que importa mesmo é a final da Libertadores este sábado frente ao eterno rival River Plate. Barrios será um dos destaques a seguir do lado do Boca Juniors.