Menu Close

20 jogadores a manter debaixo de olho em Portugal

Portugal é um viveiro de talentos. Olhamos para cinco campeonatos – Liga NOS, Liga Ledman Pro, Campeonato de Portugal, Liga Revelação e Liga BPI – e destacamos quatro jogadores a ter em atenção nesta temporada. O único requisito para esta eleição foi: qualidade.

Liga NOS

Angel Gomes

Angel Gomes foi um dos nomes sonantes a desembarcar no futebol português este verão. Formado no Manchester United, Angel Gomes sempre foi visto como uma das maiores promessas do futebol inglês. Internacional inglês pelos escalões de formação, estreou-se na equipa principal do Manchester United com apenas 17 anos, pela mão de José Mourinho. Chega ao futebol português envergando a camisola do Boavista, por empréstimo do Lille.

Dotado de uma capacidade técnica invulgar e que se destaca a olhos vistos, o craque inglês é muito forte no passe e receção, conseguindo dominar o esférico de forma diferenciada. Progride bem no terreno com bola controlada, aliando o drible e visão de jogo que lhe são característicos. Angel Gomes será um assistente de luxo no plantel de Vasco Seabra.

Fernando Valenzuela

Mais um produto do futebol argentino a ingressar em Portugal. Depois de, na temporada passada, o FC Famalicão ter contratado Nehuén Pérez, Fernando Valenzuela é mais um argentino de destaque na equipa de Vila Nova de Famalicão. Esta época está emprestado pelo Barracas Central ao FC Famalicão.

Extremo esquerdo, ágil, rápido, com um centro de gravidade bastante reduzido. Forte no 1×1, Valenzuela tem o perfume do futebol sul americano em cada movimento que executa. É um driblador, que não se esconde do jogo, sai muito bem de pressão e tem capacidade associativa.

Pedro Amador

Pedro Amador é um lateral esquerdo de 21 anos. Passou pela formação do Sporting CP, Sacavenense e Belenenses, antes de ingressar no SC Braga. Tem tido um percurso ascendente no clube minhoto, passando pela equipa de sub-23, equipa ‘B’ e, no último terço da época transata, a ser lançado por Rúben Amorim na equipa principal. Esta temporada mudou-se para Moreira de Cónegos para representar o Moreirense.

“Pedro Amador é uma excelente contratação. É um jogador que dá todas as garantias.”

Ricardo Soares (treinador do Moreirense FC)

É um lateral competente em ambos os momentos do jogo. Demonstra inteligência e consistência no seu posicionamento em campo, compreendendo os espaços que deve pisar. Boa capacidade nos duelos, conseguindo recuperar bastantes bolas em antecipação. No processo ofensivo é um lateral que se envolve bem no momentos ofensivo, associando-se bem em triangulações. Boa chegada a terrenos mais adiantados, onde consegue explorar as suas ações de cruzamento.

Tomás Ribeiro

Tomás Ribeiro é um produto da formação do Belenenses. O jovem defesa central de 21 anos foi promovido ao plantel principal do Belenenses SAD na temporada passada, tendo agarrado o lugar na defesa para esta época. É um defesa central promissor, com uma boa margem de progressão.

Defesa central com um perfil físico interessante. 185cm e 79kg fazem de Tomás Ribeiro um jogador possante fisicamente mas ao mesmo tempo rápido e com um bom controlo da profundidade. É forte nos duelos corpo a corpo e aéreos, com bons índices de desarme e recuperação de bola.

Liga Ledman Pro

Rodrigo Martins

Rodrigo Martins é um extremo de 22 anos. Passou pela formação do Oeiras, Linda-a-Velha e Estoril Praia, até chegar a Loures no seu primeiro ano de sénior. Deu nas vistas no Campeonato de Portugal e foi contratado pelo Cova da Piedade para disputar a 2ª Liga. Teve ainda uma passagem pelo Sporting da Covilhã, antes de ser aposta de Filipe Cândido no Mafra.

É um extremo rápido, vertiginoso, ágil, com uma enorme capacidade de drible. Rodrigo Martins é daqueles jogadores que pode mudar o rumo do jogo de um momento para o outro. Gosta de jogar com liberdade de movimentos e muita criatividade no último terço. No corpo a corpo, sabe posicionar-se, conseguindo ter sucesso nas disputas. Pela sua mentalidade competitiva e qualidade de jogo, Rodrigo Martins chegará ao patamar de 1ª Liga num futuro próximo.

André Dias

Sénior de primeiro ano, André Dias foi formado no Sacavenense, tendo feito os dois últimos anos de júnior no Vilafranquense. Nesta temporada, integrou os trabalhos de pré-época do Vilafranquense, tendo agradado a Quim Machado. É destaque na equipa e tem sido dono e senhor do lugar na equipa ribatejana.

Está a ser utilizado como médio interior no sistema de três centrais do Vilafranquense. É um jogador tecnicamente evoluído e que se está a impôr na 2ª Liga. Capacidade de passe, visão de jogo, agilidade e drible curto são as características que fazem de André Dias um dos jovens com maior potencial na 2ª Liga.

Francisco Conceição

Francisco Conceição é uma das maiores promessas do Olival. Aos 17 anos de idade, será uma peça fundamental na equipa do FC Porto ‘B’. Iniciou o seu processo formativo no Sporting CP, passando uma temporada no Padroense, antes de ingressar no FC Porto.

Extremo ágil, de boa craveira técnica. Dotado de uma capacidade de aceleração e drible diferenciadas, Francisco Conceição tem capacidade para alcançar a equipa principal do FC Porto. É um jogador forte em situações de 1×1, saíndo com facilidade desses duelos e procurando, bastantes vezes, a baliza.

David Thomaz Santos

David Thomaz é um jovem de 18 anos, proveniente do Grêmio Anapólis do Brasil. Está por empréstimo no Penafiel, onde tem sido destaque da equipa. É um defesa central robusto fisicamente, com 190cm e 84kg.

Defesa central com boa capacidade de desarme, interceção de bola e boa capacidade nos duelos aéreos. Posiciona-se bem, sendo importante nas coberturas defensivas. No momento ofensivo apresenta bons indicadores no passe curto/média distância, podendo, por vezes, progredir mais com bola e criar desequilíbrios.

Campeonato de Portugal

Kiko Félix

Kiko Félix é um dos sérios casos a ter em atenção no Campeonato de Portugal. Com apenas 17 anos, deixou os escalões de formação do Vitória SC para ingressar no Felgueiras, onde vai competir num patamar sénior, sendo que ainda é júnior de primeiro ano. Pode atuar no meio campo ou descaído para uma das alas.

Rápido, ágil, com bom toque de bola. Kiko Félix é um jogador que gosta de ter a bola colada ao pé, com capacidade para se diferenciar em campo. Boa visão de jogo, joga de cabeça levantada, é um driblador e bastante criativo. Tem uma margem de progressão e crescimento bastante assinalável.

Rúben Pereira

Rúben Pereira é um defesa central de 22 anos que joga na AD Sanjoanense. Teve um vasta formação, passando por diversos clubes – SC Espinho, Arcozelo, Coimbrões, SL Benfica, Feirense, Boavista e Rio Ave. Aos 22 anos é capitão de equipa e o patrão da defesa alvinegra.

É um jogador fisicamente imponente. Tem 193cm e 90kg, fazendo dos duelos físicos e aéreos uma arma no seu jogo. Defensivamente é um jogador com boa capacidade de desarme e recuperações de bola. Apresenta um bom posicionamento e não é, apesar da elevada estatura, um jogador lento. No processo ofensivo, apresenta um bom nível técnico, conseguindo construir desde trás e sendo um elemento importante na 1ª fase de construção da equipa.

Paulinho

Paulinho tem 21 anos de idade e chega ao Campeonato de Portugal proveniente do S. Paio D’Arcos FC, da AF Braga. Na temporada passada apontou 21 dos 34 golos da sua equipa, chegando a Fafe com o título de finalizador.

Pode atuar como ponta de lança ou como ’10’. É um jogador rápido, com boa capacidade técnica. Joga bem de primeira e de costas para a baliza. É forte nos duelos aéreos, tendo uma boa impulsão e utilizando os seus 186 cm. Movimenta-se bem e ataca bem as zonas de finalização. É um jogador que, apesar da elevada estatura, é bastante móvel.

Diogo Leitão

Diogo Leitão abraçou o mais recente projeto de renascimento do histórico ‘Estrela da Amadora’. Formado no Alfenense, Leixões e Rio Ave, Diogo Leitão é um médio com potencial. Num contexto sénior, esteve duas épocas no Padroense, a disputar a AF Porto, tendo depois regressado a Matosinhos para representar a equipa de sub-23 do Leixões. Esta época foi aposta do projeto liderado por André Geraldes no Club Football Estrela.

Pode jogar como médio centro ou como médio ala. É um jogador bastante criativo. Com bons índices técnico/táticos. Boa capacidade de passe, de drible, progressão com bola e visão de jogo. Conseguindo ganhar maturidade para se impôr no Campeonato de Portugal, é um jogador que pode rapidamente dar um salto qualitativo no seu jogo.

Liga Revelação

Rodrigo Gomes

Rodrigo Gomes é um avançado de 17 anos e um dos produtos mais promissores do SC Braga. Fez toda a sua formação no clube minhoto, tendo passado uma temporada, como muitos dos jogadores do SC Braga, emprestado ao Palmeiras FC.

Rodrigo Gomes pode atuar nas várias posições da frente de ataque, seja como ponta de lança ou como extremo. Como ponta de lança é um jogador bastante móvel. É rápido, com poder de aceleração e intenso nas suas ações. Procura explorar a profundidade e destaca-se a sua capacidade de finalização.

Bernardo Silva – “Berna”

Bernardo Silva tem 17 anos, júnior de primeiro ano, e joga na equipa de sub-23 do Boavista FC. Passou pela formação do FC Porto, antes de chegar ao Boavista FC. Com apenas 169 cm, Bernardo Silva é um irreverente técnico.

Médio centro criativo, com boa capacidade técnica. Capacidade de passe, receção e drible. É um jogador ágil, com capacidade de aceleração em espaço curto. Boa visão de jogo e capacidade de desequilíbrio. Demonstra uma margem de progressão bastante interessante.

Ridwane Babatunde

Defesa central nigeriano que chegou em 2019/20 ao Leixões. Jogou no OLISA FC, da Nigéria, Viljandi Tulevik, da Estónia. Nos últimos anos, o Leixões tem recrutado, para a sua equipa de sub-19 e sub-23, vários jogadores africanos que se têm destacado nos campeonatos portugueses. Após o sucesso de Edmond Tapsoba, que se estreou em Portugal nos sub-19 do Leixões, Ridwane Babatunde perfila-se como o próximo defesa central a prosperar em Portugal.

É um defesa central muito forte nos duelos aéreos, com um perfil físico interessante. Boas capacidades defensivas ao nível do desarme, interceção, antecipação. Boa leitura de jogo e adequado posicionamento em campo. É um defesa central com capacidade para sair a jogar, quer no momento da organização ofensiva, integrando a 1ª fase de construção, quer no momento da transição ofensiva, onde consegue, por diversas vezes, encontrar uma solução em passe curto ou longo que lhe permita iniciar o contra-ataque.

Ryan Teague

Ryan Teague é um médio australiano de 18 anos. Em Janeiro de 2020 assinou pelo Famalicão, proveniente do Sydney FC da Austrália, onde foi o jogador mais jovem a assinar um contrato profissional, com apenas 16 anos.

Pode atuar nas várias posições do meio campo, mas é na posição ‘6’ que se destaca. Excelente capacidade técnica, ao nível do passe e da receção. No 1×1 é um jogador com bons índices, conseguindo sair de pressão com bastante facilidade. Joga de cabeça levantada e, aliando a capacidade de passe à visão de jogo, consegue servir bastante bem os seus colegas em posições mais adiantadas

Liga BPI

Francisca Nazareth

Jovem média ofensivo de 17 anos, que vai realizar a primeira época completa com o plantel senior do SL Benfica. Realizou alguns encontros com a equipa A na temporada passada, intercalando com o campeonato de sub-19. A maturidade demonstrada quase que a “obrigou” a subir ao plantel principal e enfrentar agora a maior exigência da Liga BPI.

É uma jogadora que pode também atuar pelos flancos, mas que é mais efetiva quando joga no apoio à unidade mais adiantada da equipa. Destaca-se pela criatividade, pelo drible apurado e pela inteligência que demonstra. Para além disso, é uma atleta com muito golo e muito confiante nas suas capacidades. Esta época deverá ter uma grande utilização, já que estamos a falar daquela que é, provavelmente, a melhor jogadora a sair da formação em Portugal nos últimos largos anos.

Bárbara Marques

Jogadora de 22 anos, que pode atuar pelas faixas ou por uma zona mais central. Mudou-se do CF Benfica para o recém-promovido Damaiense. Esteve várias temporadas no Sporting, mas uma lesão grave fê-la perder espaço.

Bárbara Marques destaca-se pela criatividade, pela qualidade no passe e pela técnica que possui. Pode ser descrita como uma construtora de jogo, capaz de servir as restantes companheiras, mas também é capaz de criar desequilíbrios de forma individual, recorrendo à finta. No Damaiense, Bárbara Marques poderá assumir-se como uma verdadeira líder numa equipa que pauta pela juventude e ter um papel de destaque, que lhe permita regressar aos grandes palcos da Liga BPI no futuro.

Alicia Correia

Alicia Correia é uma lateral esquerdo de 17 anos que foi promovida ao plantel principal do Sporting esta temporada. Mais do que ser promovida, Alicia é uma jogadora que deverá ter muitos minutos ao longo da época, podendo mesmo vir a assumir-se como titular indiscutível a curto-prazo.

Dona de um pé esquerdo de extrema qualidade, a jovem tem como armas o cruzamento, as bolas paradas e o envolvimento no processo ofensivo da equipa. O facto de ter começado a jogar futebol como médio centro faz com que Alicia Correia tenha a visão de jogo e o passe mais apurados do que outras atletas da mesma posição. No que toca às tarefas defensivas, a internacional jovem por Portugal destaca-se pelo sentido de posicionamento apurado, que lhe permite antecipar grande parte dos lances.

Vitória Almeida

Avançada brasileira de 21 anos, que reforçou esta temporada o FC Famalicão e que chega a Portugal para discutir o troféu de melhor marcadora. Anteriormente jogava na formação chinesa do Hebei.

É uma atleta com uma grande presença física, com faro muito apurado para o golo. Finaliza bem com os dois pés, é capaz de baixar para servir de apoio frontal às médios e, apesar da elevada estatura, não é propriamente lenta. Aliás, o ataque à profundidade, muitas vezes a partir de diagonais para o espaço entre defesa central/defesa lateral, são também uma imagem de marca desta goleadora canarinha.


Artigo escrito por André Zeferino & Daniel Sousa