Menu Close

Alan Velasco: talento bruto a precisar de ser polido

Na Argentina, mais concretamente no Independiente, vai dando nas vistas aquele que pode ser um dos bons nomes do futebol argentino no futuro. Alan Velasco, de 19 anos, é um extremo talentoso, mas que precisa de ser polido antes de dar o salto para o patamar seguinte.

A partir da esquerda ou da direita, Velasco acaba quase sempre no corredor central. Dentro desses movimentos interiores, é quando os faz a partir do flanco esquerdo que se torna mais perigoso, já que fica habilitado a usar o pé predominante: o direito. É um jogador que também pode atuar na posição ’10’, fixo no corredor central, mas apresenta mais dificuldades em desequilibrar a partir daí.

MOMENTO DEFENSIVO

Colaboração pouca ou nenhuma de Alan Velasco para o momento sem bola da equipa. Não é um jogador com características defensivas, de todo. É um jogador que em dados momentos até pode pressionar o portador, sobretudo se for no momento de reação à perda da bola, mas que depois não tem um índice de agressividade elevado nem capacidade de desarme para conseguir transformar essa pressão numa recuperação da posse.

MOMENTO OFENSIVO

Alan Velasco é mais um jovem que sofre do mesmo que muitos outros: a tomada de decisão. Algo natural tendo em conta a idade e que a experiência tratará de corrigir, mas é este o ponto mais fraco do argentino no dia de hoje. Como cartão de visita apresenta-se como um jogador confiante, que gosta de partir no 1v1 e que tem um drible apurado. Aliás, a capacidade de drible surge ainda aliada à criatividade, já que consegue inventar soluções para continuar a jogada a partir do drible. Destro, mas capaz de jogar com o pé esquerdo, Velasco apresenta um perfil físico assente na velocidade e na agilidade, duas características das quais também faz uso quando parte para o drible e nas mudanças de direção. A partir do flanco esquerdo para o interior consegue desequilibrar mais e fica com duas opções viáveis: o remate com o pé mais forte — direito — ou a variação de flanco através do passe longo, que Velasco consegue fazer com qualidade.

CONCLUSÃO

Alan Velasco é um jogador com um enorme talento, mas que precisa de ser polido antes de poder dar o salto para o nível seguinte. A decisão é o ponto principal a melhorar, uma vez que coleciona várias más decisões por jogo e que resultam num elevado número de perdas de bola. Precisa também de melhorar a sua relação com o golo. Destaca-se como um jogador que arrisca, que gosta de ir para cima e que tem um drible muito apurado. Não tem o perfil de extremo “de linha”, de ganhar a linha de fundo e tirar cruzamento, mas daquele extremo que recebe na largura e que já tem os olhos postos no corredor central. É um jogador que tem boa margem de progressão, mas que, uma vez mais, precisa de corrigir alguns aspetos antes de poder dar o passo seguinte na sua evolução.



Para todos os clubes, treinadores, jogadores, olheiros, agentes, empresas e media que queiram saber mais sobre os nossos serviços de scouting, não hesitem em contactar-nos através de mensagem privada ou do nosso email geral@proscout.pt.