Menu Close

Alerrandro: Um dos destaques do início do Brasileirão 2020

O centroavante Alerrandro vem se tornando um dos destaques no setor ofensivo do Red Bull Bragantino e também do próprio Campeonato Brasileiro, neste início da temporada 2020, no Brasil,  ao se consolidar como um dos pilares ofensivos da equipe de Bragança Paulista (cidade do estado de São Paulo). 

A principal característica de Alerrandro é visível quando ele busca gerar apoios para as progressões ofensivas de sua equipe, ao receber a bola no ataque e com poucos toques na bola, realizar combinações de jogada. Possui uma ótima visão de jogo e perceção de espaços para se posicionar ao realizar passes precisos para seus companheiros em infiltração, tendo leitura para flutuar em campo ofensivo, quando recebe a bola de costas e com um ou dois toques na bola, geralmente. Além disto, usa bastante sua visão para perceber momento da partida e gerar profundidade, dando sempre essa opção, seja pelos corredores laterais ou por dentro. 

Outra questão destacável em seu jogo é a capacidade de jogo sem bola, ao se movimentar em campo ofensivo, ao gerar espaços na defesa adversária a seus companheiros e aparecer como jogador terminal da jogada, com ótimo posicionamento dentro da área, tendo uma boa finalização de pé direito, com 13 finalizações a gol, conseguindo converter em gol em 6 oportunidades. 

Mapa de finalizações de Alerrandro no Brasileirão 2020, demonstrando as principais zonas em que ele realiza finalizações (Fonte: Instat) 

Por ser um jogador de boa capacidade física,  pode também ser utilizado para receber bolas como pivô ofensivo, por ter qualidade em seu jogo de costas, sustentar a pressão dos defensores e auxiliar na progressão ofensiva, principalmente em zonas próximas à área, mas também demonstra essa qualidade, quando retorna próximo a base, ao trazer consigo um defensor e como citado anteriormente. 

Em momento defensivo, mesmo que não tenha uma grande capacidade de desarmes e interceções, sabe gerir bem as pressões, principalmente em momentos pós-perda, mas muitas vezes se torna disperso da partida e cede espaços de progressão na saída de bola para o adversário. 

Em bolas defensivas aéreas, tende a não ser muito utilizado, pois em diversas situações tende a perder duelos contra os cabeceadores adversários. Sabe finalizar desta forma apenas quando recebe livre ou está em progressão.