Menu Close

Barcelona-Real Madrid: os erros defensivos do Barça no primeiro golo

O Real Madrid venceu o Barcelona no primeiro clássico espanhol da temporada, num jogo que revelou as fragilidades de ambas as equipas no momento defensivo.

Os merengues adiantaram-se por Valverde, o Barcelona empatou por Ansu Fati, ainda antes dos 10 minutos de jogo. O nulo viria a ser desfeito já na segunda parte através de uma grande penalidade bem cobrada por Sergio Ramos. Modric fez o 3-1 final, num lance pleno de qualidade individual, já dentro da área culé.

Real Madrid

Face à derrota frente ao Shakhtar, a equipa blanca reforçou o meio-campo com jogadores de características mais defensivas. Casemiro, Valverde e Kroos compuseram a linha de três médios madridista; Benzema, Vini Jr. e Asensio formaram trio na frente. A dupla de centrais teve Varane e Sergio Ramos, e as laterais ficaram a cargo de Mendy e Nacho.

Barcelona

A equipa de Ronald Koeman apresentou Pedri como principal surpresa no 11, a jogar pela direita, com Fati remetido ao corredor esquerdo. Messi jogou na frente, como homem mais adiantado, situação que foi mudando gradualmente com o decorrer do jogo, sendo que foi visível o aparecimento de Fati em zonas de finalização de forma recorrente, com o astro argentino responsável pela fase de criação blaugrana (2.ª fase de construção), livre de encargos defensivos, como tem sido habitual com Koeman.

O jogo

Barcelona e Real Madrid proporcionaram um bom espetáculo, sendo que defensivamente as equipas revelaram fragilidades que as vão impedindo, de momento, de estarem ao nível das melhores da europa (facto evidenciado pelas prestações nas provas europeias nos recentes anos).

O primeiro golo do Real Madrid pôs a nu as dificuldades evidenciadas pela defensiva do Barcelona, com erros individuais que custaram à equipa entrar praticamente a perder:

  • Movimento interior de Asensio fez Alba ser atraído por Nacho, deixando 3×3 na linha defensiva,
  • O enorme espaço entre a linha de defesas e médios do Barcelona deixou vários jogadores do Real posicionados nas costas dos médios,
  • Com a bola descoberta e possibilidade de progressão do portador da bola, Piqué cometeu o erro de sair à queima, em vez de retirar profundidade, abrindo espaço nas suas costas e criando um 1vs2 contra Valverde (marcador do golo) e Benzema (fez a assistência).

Confira a análise, no seguinte vídeo: