Menu Close

Dez transferências para seguir nesta temporada

Dez transferências para seguir nesta temporada

Depois de um mercado de transferências que começou lento, mas que acabou por ser um dos mais interessantes de seguir nos últimos anos. Onde vimos grandes nomes do futebol mundial a mudar de ares e encontrar novos desafios.

Resolvemos criar uma lista de nomes menos conhecidos, que se podem vir a revelar como grandes contratações. Para esta lista, marcamos como limite máximo de 12 Milhões gastos na transferência, com um limite de idade de 25 anos e que não repetíssemos nomes já analisados em outros artigos na ProScout.

Giorgi Mamardash – 20 anos – Guarda-Redes – Dinamo Tbilisi – Valência – Empréstimo

Guarda-Redes de 20 anos que chega esta temporada vindo da Geórgia, chegou para ser suplente de Cillesen, mas as boas exibições têm o mantido na equipa. Com três jogos efetuados até ao momento e com apenas um golo sofrido, têm sido uma das peças fundamentais no bom início de época, por parte da equipa treinada por José Bordalas.

O jovem Georgiano é um segredos mais bem guardados do futebol da Geórgia, depois de se ter começado a destacar na Liga Europa da época passada frente ao Granada, o Valência antecipou-se e foi buscar o jovem guardião. Que se destaca pela sua elasticidade, reflexos e capacidade de sair no momento certo para encurtar espaços em situações de 1vs1. Com 1,99cm é igualmente muito eficaz a sair a cruzamentos. 

Como aspeto que pode melhorar é o seu jogo com os pés. Pode até no futuro vir a perder a titularidade no conjunto de Valência, mas terá certamente, um futuro bastante promissor.

Yusuf Demir – 18 anos- Médio Ofensivo – Áustria Viena – Barcelona – Empréstimo

Uma das transferências mais estranhas deste mercado. O jovem austríaco sai do Áustria Vienna para o Barcelona por empréstimo de uma temporada. Inicialmente, Demir iria para a equipa B dos catalães, mas depois de boas prestações durante a pré-época, ficou no plantel principal e já atuou no campeonato espanhol.

Yusuf Demir na época passada jogou por 32 ocasiões no conjunto de Viena, sendo mais utilizado a sair do banco, ainda assim marcou por 9 vezes. Confortável a jogar por dentro como Médio-Ofensivo, pode também atuar a partir da direita, derivando para zonas interiores onde procura regularmente o seu pé esquerdo. 

As suas principais características são a capacidade em conduzir a bola, a inteligência de jogar entre-linhas, consegue também com muita qualidade receber a bola sob pressão e tomar ainda assim a decisão correta.

No conjunto Blaugrana, ira continuar a sua evolução jogando também noutras posições, em alguns dos jogos em que o vimos atuar durante a pré-época foi utilizado como médio, mas atuar na esquerdo de um meio-campo composto por três unidades.

Demirai Gray – 25 anos – Extremo – Bayer Leverkusen – Everton – 2M

Demirai Gray depois de se ter destacado muito novo no Birmingham City e se ter transferido muito novo para o Leicester, passou de revelação nos Foxes para transferível, mudou-se para a Alemanha a meio da época passada onde voltou a não conseguir atingir todo o potencial que prometeu, atuando apenas em 12 partidas tendo somente marcado por uma ocasião. . 

Rafa Benítez, novo treinador do Everton, deu-lhe a oportunidade de voltar a Inglaterra, onde até ao momento não desiludiu com 4 jogos e 2 golos marcados.

O extremo Inglês que têm na sua velocidade e técnica os seus melhores atributos, conta também como uma capacidade de finalização interessante. Nesta equipa do Everton tem sido utilizado, preferencialmente do lado esquerdo do ataque, podendo igualmente atuar a partir do lado direito.

Apesar de brilhar, em situações ofensivas consegue ser muito eficaz em ações defensivas, algo que também ajudou a Benitez apostar na sua contratação.

Esta temporada será certamente uma das mais importantes na sua carreira, pois outra temporada menos conseguida poderá leva-lo a sair do nível de Premier League.

Emmanuel Dennis – 23 anos – Extremo – Club Brugge – Watford – 4M

Depois de uma época na Bélgica onde marcou 9 golos, e não ter tido sucesso no Köln, o Watford não teve problemas em fazer dele um dos seus alvos prioritários para esta temporada.

Emmanuel Dennis é um extremo que pode atuar tanto pelo flanco direito como pela esquerda, já internacional pela Nigéria desde Setembro de 2019. Na Bélgica, também chegou a jogar como avançado centro.

Com uma capacidade de aceleração acima da média, consegue juntar a isso uma capacidade de finalização assinalável. Gosta de explorar as costas da defesa adversária e de criar situações de 1 contra 1. Em termos posicionais, gosta de atuar de fora para dentro atacando o espaço entre lateral e central.

Defensivamente, também é um jogador que cumpre bem as suas tarefas, fator fundamental para uma equipa que vai lutar pela permanência na Premier League.

O avançado Nigeriano, começou bem a aventura em Inglaterra com um golo marcado e uma assistência no seu primeiro jogo. Para a equipa londrina ter sucesso e manter-se no principal escalão Inglês, Dennis será um elemento fundamental.

William Saliba – 20 anos – Defesa Central – Arsenal – Marselha –  Empréstimo 

O jovem Francês depois de não ter hipóteses de jogar no Arsenal, volta a ser emprestado a uma equipa francesa, desta feita ao Marselha de Sampaoli. 

Saliba destacou-se inicialmente ao serviço do Saint-Etienne ao lado de outro defesa emergente, Fofana. Mas desde que chegou a Inglaterra, acabou por não conseguir jogar tendo sido emprestado ao Nice na segunda metade da época passada.

Saliba é um defesa central moderno, que se destaca por ser muito confortável com bola, o que é fundamental para uma equipa que quer sair a jogar desde trás, consegue com qualidade sair com bola controlada e pronto para progredir com bola. Consegue igualmente ser paciente, não forçando bolas longas para os seus avançados.

Defensivamente, têm qualidade em termos de posicionamento e leitura de jogo. Forte no jogo aéreo, pode jogar tanto numa defesa a três ou numa defesa a quatro.

Se esta época mantiver o nível mostrado anteriormente, o passo para ficar no plantel principal do Arsenal será natural, algo que beneficiara a equipa dos Gunners.

Brian Brobbey – 19 anos – Avançado – Ajax – Leipizig – Custo Zero

Não foram precisos muitos minutos no Ajax para fazer de Brian Brobbey um dos jovens jogadores mais apetecíveis deste mercado. Tal como, acontece com tantos outros jovens, foi parar a Leipzig. Na época passada, realizou 19 jogos, marcando  6 golos pela equipa principal do Ajax.

Taticamente muito versátil, pode atuar tanto atrás de um ponta de lança, ele próprio como número 9 ou numa frente a dois. Devido ao seu entendimento do jogo, não é um jogador que esteja envolvido constantemente com a bola. Sendo o que mais  se destaca no seu jogo é o seu movimento sem bola. Como consegue arranjar espaços para ele ou para os seus colegas, levando defesas a sair das suas posições.

Com bola, destaca-se pela velocidade, força física, e jogo aéreo. O seu drible não é um dos pontos fortes, mas ainda assim consegue ultrapassar os adversários devido à sua capacidade de aceleração.

Não sendo expectável que seja titular regularmente, até ao momento têm três presenças todas vindas do banco de suplentes, Jesse Marsh irá utilizar este ano para que o jovem Neerlandês se adapte ao futebol germânico.

Liel Abada – 19 anos – Avançado-Direito – Maccabi Petah Tikva – Celtic- 4M

Provavelmente o jogador mais desconhecido desta lista, o jovem Israelita começou da melhor maneira no Celtic, marcando por quatro ocasiões. Pode jogador partir da direita, mas no futuro a sua evolução pode levá-lo a jogar também como avançado centro.

Na época passada ao serviço do Maccabi Petah Tikva realizou 37 jogos, marcando por 12 ocasiões. Levando o gigante Escocês a avançar para a sua contratação.

Destaca-se pelo seu primeiro toque, têm um bom sentido de antecipação e consegue encontrar espaços para finalizar com facilidade devido à sua leitura de jogo. 

Outras características que levam  Alaba a ser destacado nesta lista são a sua velocidade e a capacidade de demarcação no momento certo, que o levam a usar bem o espaço que os defesas deixam livre nas suas costas. 

A forma como se adaptou ao futebol Britânico, foi uma surpresa para todos, o que leva a pensar até onde pode o jovem Israelita chegar no futuro.

Teun Koopmeiners – 23 anos – Médio Centro – AZ – Atalanta – 12M

O capitão do AZ, sem dúvida um dos nomes mais reconhecidos nesta lista, sai neste mercado para um dos clubes que nos últimos anos têm se movimentado melhor em relação a transferências. 

Teun Koopmeiners, é um médio centro, tanto pode ser um 6 como um 8, também já jogou no passado como defesa-central.  Conta com uma qualidade de passe acima da média, fundamental numa equipa que goste de sair a jogar curto, mas se os adversários tentam uma pressão mais alta, consegue ser eficaz em passes longos a explorar a profundidade.

O médio dos Países Baixos também é uma arma em lances de bola parada, contando com 43 golos nas últimas 4 temporadas ao serviço do AZ Alkmaar.

Será, certamente, mais um jogador a melhorar sobre as ordens do treinador Gian Gasperini, o que poderá levá-lo a ser uma peça importante na seleção A do seu país.

Pape Matar Sarr – 18 anos – Médio Centro- Metz – Totthenham – Metz – Empréstimo 

Depois de ter impressionado ao serviço do Senegal no Mundial de sub-17 e na última temporada ter sido um dos destaques do Metz, o jovem médio já foi contratado pelo Tottenham de Nuno Espírito Santos, sendo que nesta temporada ainda o vamos ver atuar na equipa Francesa.

Pape Matar Sarr é um jovem de apenas 18 anos, que chegou à Europa apenas na temporada anterior e que depois de 25 jogos, levou os Spurs a gastar 18M na sua contratação. 

Pode atuar tanto como 8 (jogou assim pelo Senegal) ou como um 6 (posição onde joga no Metz), Sarr sente-se confortável em ambas as posições.

Destaca-se tanto pela sua capacidade de passe e visão de jogo, conta com um bom remate quando aparece em zonas mais próximas da área adversária. 

Destaca-se igualmente pelo seu trabalho defensivo, tendo capacidade de cobrir grandes áreas do terreno e corrigir erros dos seus colegas de equipa. Pode continuar a melhorar no seu entendimento de jogo, relembrar que fez toda a sua formação no Senegal ao serviço do Generation Foot.

Lovro Majer – 23 anos – Médio Ofensivo- Dinamo Zagreb – Rennes – 12M 

O médio croata chega há Ligue 1 pela porta do Rennes, um dos clubes que nos últimos anos se têm evidenciado pela forma como trabalha os seus jovens jogadores.

Depois de nas últimas épocas ter atuado no Dínamo Zagreb, onde realizou um total de 100 jogos oficiais marcando por 19 ocasiões, e ter igualmente estado na seleção Croata sub-21 que Portugal enfrentou no Europeu da categoria.

Lovro Majer é um médio ofensivo canhoto que evidencia-se pela sua capacidade técnica acima da média, pelo seu passe curto/média distância e pela sua criatividade.  Gosta de atuar nos meios espaços do ataque, principalmente descaindo para o seu lado direito.

Em França certamente vai continuar a melhorar num campeonato mais competitivo, onde vai aperfeiçoar aspetos onde não foi testado na liga croata. Tais como o seu trabalho sem bola, e sendo mais rápido a reagir quando a sua equipa perde a posse de bola.



Para todos os clubes, treinadores, jogadores, olheiros, agentes, empresas e media que queiram saber mais sobre os nossos serviços de scouting, não hesitem em contactar-nos através de mensagem privada ou do nosso email geral@proscout.pt.