Menu Close

Nasceu em Roma e desde cedo começou a dar nas vistas aos scouts dos grandes clubes da capital. Em Juvenis, fez uma época ao serviço da Lazio até se mudar para as cores do seu eterno rival, a AS Roma. Nunca foi indiscutível nas equipas por onde passou, tanto em Itália como nos Países Baixos e isso atrasou a sua explosão juntos dos grandes palcos. Foi então esta época que, com 21 anos, o gigante de 1,95m despontou na segunda liga italiana ao serviço do Ascoli, por empréstimo do Sassuolo. De momento, conta já com 10 golos em somente 18 jogos, numa liga extremamente competitiva como é a Serie B e que fazem dele o melhor artilheiro da sua equipa.

É um ponta de lança referência, que frequenta maioritariamente zonas junto à grande área, devido ao se enorme porte físico e atua como homem mais adiantado da equipa. Tem a capacidade de segurar os centrais, criando espaço para os seus companheiros chegarem em situações de superioridade. Não tem por norma descer para receber a bola, embora o faça em situações pontuais, quando a sua equipa tem dificuldade em encontrar linhas de passe para lhe fazer chegar a bola. Procura constantemente movimentos de rotura para finalizar e é exímio no jogo aéreo, sendo não só uma referência em bolas paradas ofensivas, como também defensivas. No Ascoli não tem muitas ocasiões claras de poder fazer golo e por isso o mérito vai todo para a sua eficácia, seja ela na cara do guarda-redes ou através de cabeceamentos, dada a facilidade que tem em impor-se aos defesas contrários.

Carece ainda de alguns aspetos onde necessita de melhorar para se tornar num dos grandes avançados a nível europeu. Fruto da sua tenra idade, é um jogador que por vezes parece desligado do jogo e não participa ativamente na pressão após perda da bola ou mesmo em fase de organização defensiva. Não desequilibra através da mudança de velocidade, nem é ativo em segunda fase de construção, procurando apenas ser solução para o último passe. Tem o perfil para jogar numa equipa que procure muito jogo direto, porque caso procurem um avançado móvel, Scamacca não é de todo a solução mais indicada.

Com tudo isto, a valorização de Scamacca tem sido exponencial e parece agora mais distante do alcance das equipas portuguesas, uma vez que se têm noticiado valores entre os 25 e os 30 milhões para adquirir o italiano. Nos próximos tempos vai ter a oportunidade de pisar os terrenos de uma das principais ligas, embora tudo leve a crer que não será na equipa com a qual tem contrato: o Sassuolo.

Melhores momentos de Scamacca