Menu Close

Matheus Nunes tem 21 anos, é brasileiro e fez a sua formação no Ericeirense, antes de chegar ao Estoril e transferir-se para o Sporting. O Nº 73 na presente temporada, onde participou nos Sub23 da equipa do Sporting na Liga Revelação, esteve em 30 jogos, demonstrando-se um jogador com potencial e importante nesta equipa do Sporting. As palavras de Frederico Varandas foram claras:

“Do que eu já vi do Matheus Nunes, como está a treinar hoje com os colegas com Battaglia, Doumbia, Vietto… Não tenho dúvidas nenhumas que vai pagar o Rúben Amorim. Só ele vai pagar o Rúben Amorim.” – Frederico Varandas, em entrevista ao Canal 11

Será que tem potencial e capacidade atual para ser opção para Rúben Amorim?

Momento Ofensivo

Começamos por onde Matheus Nunes se mais destaca. Ocupa normalmente uma posição de 8 no meio campo bem como uma posição um pouco mais avançada no terreno. Pode e já jogou, com funções mais recuadas na fase de construção, onde também consegue cumprir. É um jogador extremamente capaz em ligar fases: Construção para Criação e Criação para Finalização.

O nº 73 do Sporting Sub23 é muito forte tecnicamente, seja com o pé dominante (direito) ou pé não dominante, consegue sair a jogar com enorme facilidade. Uma das suas mais marcantes características é a forma como consegue progredir no terreno, em condução de bola e com uma grande capacidade na ação técnica de proteção de bola, cada vez mais fundamental no alto rendimento. Além disso, é um jogador com uma tomada de decisão assertiva, possui uma tranquilidade visível com bola e em espaços reduzidos, saindo a jogar limpo – mesmo sobre pressão – com grande facilidade. Fisicamente é forte e possuiu uma interessante velocidade, fruto da técnica de corrida associada a uma passada mais larga. Seja em transição ofensiva, com a sua velocidade e passada larga, seja em organização ofensiva com técnica, receção, passe e criatividade em espaços reduzidos, é um jogador de um elevado nível ofensivamente.

Momento Defensivo

Aqui entra o momento em que Matheus Nunes necessita mais de crescer enquanto jogador. Possui características interessantes que lhe dão uma capacidade extra, como o seu físico, leia-se velocidade e força para se mover em espaços curtos. Porém, apesar dessas características que se aliam a uma boa e interessante técnica de desarme, necessita de crescer ao nível de posicionamento defensivo. Por diversas vezes, sobretudo com o centro de jogo – a bola – mais longe, não possuiu tanto rigor tático na ocupação de espaços e na criação de equilíbrios defensivos. Este será um ponto a crescer, tal como no momento de transição defensiva, porém dadas as suas características poderá dar um salto de rendimento para um patamar superior a nível defensivo.

Uma aposta para Rúben Amorim?

Num meio campo com dois médios, tal como o mister do Sporting pretende, pode ser um jogador extremamente interessante neste sistema. Possui interessantes características, assumindo-se como médio box-to-box, de passada larga, gerindo o ritmo de jogo, acelerando quando assim o pede, como imensas vezes fez nos sub23. Veremos se, após a aposta, agarrará o lugar como Varandas assim o ambiciona. Acreditamos que poderá ter potencial e qualidade atual para singrar, porém só mesmo estando a jogar ao lado dos melhores, percebendo a capacidade psicológica e nível de treino, é que poderemos ter certezas. Porém, afirmarmos com convicção que poderá ser uma aposta para Rúben Amorim e para o futuro do Sporting. Que só o tempo, o treino e o jogo em patamares mais elevados o dirá. E se o Sporting tivesse equipa B, na Liga PRO, não seria mais fácil perceber o real rendimento de Matheus Nunes, num contexto mais competitivo?

A estreia em Guimarães