Menu Close

Mohamed-Ali Cho – A nova pérola francesa

Filho de pai costa-marfinense e de mãe marroquina, Mohamed-Ali nasceu em 2004 nos subúrbios de Paris. Ainda muito jovem mudou-se com a família para Londres, onde deu os primeiros passos no futebol. Voltou a França poucos anos depois e chegou a ingressar na formação do Paris SG.

O jovem francês voltou a Inglaterra, jogou no Everton, e regressou por fim em 2020 a terras gaulesas para representar o Angers. Mohamed estreou-se pelo clube francês com apenas 16 anos e desde aí que ganhou lugar na equipa principal. Neste momento representa França nos escalões de formação, mas já o chegou a fazer com as cores de Inglaterra, ficando também a dúvida se irá manter a escolha atual.

Neste momento, aos 17 anos, Cho é sido uma das principais figuras do Angers e de todo o campeonato francês esta temporada e deixa indicadores entusiasmantes e promissores.

Perfil do Jogador

Mohamed é um jogador da linha ofensiva que joga preferencialmente nas alas, mas também é capaz de ocupar posições mais centrais. Esta temporada, resultado do sistema do Angers, tem ocupado posições mais na zona centro-direita e tem sido aí que se tem estabelecido.

No aspeto físico, Cho tem 1,82m e é bastante desenvolvido para a sua idade. Tem uma velocidade e uma aceleração muito fortes, é muito ágil, bastante resistente ao toque adversário e tem um grande poder de explosão. É ainda muito novo e ainda está em fase de crescimento e desenvolvimento, pelo que poderá tornar-se maior e mais possante fisicamente

No aspeto mental, por enquanto os indicadores são positivos. A informação que há do que podemos observar dentro do campo e através dos colegas de equipa e treinador é que é um rapaz muito atento e trabalhador, determinado e humilde. Este é um fator a ter em conta e que será naturalmente fulcral no seu desenvolvimento como jogador.

Agora serão abordados os dois principais momentos do jogo: defensivo e ofensivo, onde será detalhado ao pormenor as características, qualidades e pontos a melhor do jovem avançado.

Momento Defensivo

Neste aspeto, Mohamed mostra comprometimento defensivo, mas ainda se nota alguns problemas ao nível da pressão e abordagens aos duelos. Os timings e dinâmicas de pressão estão ainda pouco desenvolvidos e é algo que deve melhorar. A nível dos duelos, ainda se nota algum receio nas abordagens aos mesmos, sendo pouco afirmativo e determinado neste aspeto.

O principal papel de um avançado é obviamente contribuir no processo ofensivo, principalmente com golos e assistências, mas o processo defensivo não deve ser posto de parte. Mohamed ainda tem espaço para evoluir neste aspeto que é muito importante ao mais alto nível.

Momento Ofensivo

É neste momento que a qualidade de Mohamed-Ali se faz notar. Como já referido, o jovem francês é dotado de capacidades físicas muito boas e sabe tirar proveito dessa característica. Cho é muito forte no ataque à profundidade, e faz disso uma das suas principais armas. Ainda assim é também capaz de jogar em apoio, mas deve refinar este aspeto do seu jogo.

A nível técnico, Mohamed é evoluído, tem um controlo de bola muito forte e um 1º toque positivo, mas deixa algo a desejar ao nível do cruzamento e remate. É muito forte no 1v1 ofensivo, bastante agressivo e destemido, combinando as suas capacidades físicas com a irreverência e qualidade técnica.

O avançado francês é um jogador muito vertiginoso e intenso, sendo uma ameaça constante à linha defensiva adversária. No entanto deve melhorar no aspeto da tomada de decisão para perceber quando deve ou não acelerar o jogo e também para melhorar em frente à baliza. A sua movimentação dentro de área é também um fator a melhorar e é algo que o poderá levar para um próximo patamar.

Conclusão

Mohamed-Ali é um dos mais recentes produtos do futebol francês a despontar na Ligue 1. O jovem extremo passou por algumas das melhores academias de formação a nível mundial, mas foi no Angers que deu os primeiros passos no futebol sénior.

Cho tem apenas 17 anos e é um jogador com bastante qualidade, especialmente para a sua idade. Tem características muito interessantes e valiosas no futebol atual, que são algo raras de encontrar em jogadores tão novos.

Por fim, Mohamed tem vários pontos a melhorar, mas a qualidade que é indiscutível, tem uma grande margem de progressão e tem tudo para ser um destaque nos próximos anos. Por enquanto o seu futuro próximo passa pelo Angers, local adequado para continuar o seu crescimento, mas certamente que daqui a dois ou três anos estará na elite do futebol francês.



Para todos os clubes, treinadores, jogadores, olheiros, agentes, empresas e media que queiram saber mais sobre os nossos serviços de scouting, não hesitem em contactar-nos através de mensagem privada ou do nosso email geral@proscout.pt.