Menu Close
[:pt]

A British Premier League (BPL) não só é o campeonato mais assistido no mundo, como também a liga mais rica em termos de receitas globais.

O crescimento quase exponencial da receita dos clubes ingleses nas últimas duas décadas, deve-se em grande parte aos direitos de transmissão de TV nacionais e internacionais. O novo acordo estabelecido para o triénio (2016-19) veio reforçar esta tendência.

O acordo agora em vigor de £8.000 milhões para os próximos 3 anos representa um crescimento de 35% face ao anterior contrato (2013-16). A compreensão do modo como estes valores são distribuídos pelas 20 equipas, é essencial para entender como todas estas conseguem adquirir jogadores, por valores apenas alcançáveis às equipas de primeiro plano das restantes ligas europeias.

As receitas relativas aos direitos televisivos dividem-se de 3 formas:

1- Montante dividido equitativamente por todas as equipas da Liga (direitos nacionais e internacionais): £85 milhões – é o valor anual respeitante ao contrato (2016-2019) que é distribuído a todas as 20 equipas da liga! Este valor era de £55 milhões no contrato que terminou a época passada;

2- Valor por mérito que resulta da classificação obtida no final de época e, que se inicia nos £2 milhões para o 20º classificado ao qual são somados mais £2 milhões para cada uma das posições seguintes – O campeão inglês da presente época receberá assim mais £40 milhões;

3- Receita relativa ao número de jogos transmitidos na TV – se uma equipa tiver 10 (ou menos) jogos transmitidos receberá um valor mínimo de £10 milhões por época. Os clubes principais da liga receberão cerca de £20 milhões anuais pelo total dos jogos transmitidos.

A titulo de exemplo, na época passada (2015-2016) os valores recebidos pelas equipas da BPL foram os seguintes

Classificação Equipa Receita Total anual

(milhões £)

1 Leicester 93,2
2 Arsenal 100,9
3 Tottenham 95,2
4 Manchester City 96,9
5 Manchester United 96,5
6 Southampton 84,7
7 West Ham 85,7
8 Liverpool 90,5
9 Stoke 79,5
10 Chelsea 87,2
11 Everton 83
12 Swansea 75,8
13 Watford 74,6
14 West Bromich 73,3
15 Crystal Palace 72
16 Sunderland 71,8
17 Bournemouth 70,8
18 Newcastle 72,8
19 Norwich 67,1
20 Aston Villa 66,6
Total 1.638,1

 
Verifica-se da tabela anterior que os valores conseguidos através dos direitos TV são muito elevados até para as equipas abaixo do meio da tabela – para mais esta tabela sofrerá um crescimento de cerca de 35% na presente época.

O crescimento da receita televisiva é sem dúvida o ponto fundamental para o incremento da capacidade gastadora, em transferências no mercado que terminou no final do mês passado.

 

Verificaram-se para as principais equipas da liga os seguintes movimentos mais importantes:

Entradas TOP 3 Saídas TOP 3

Balanço de Transferências

 

LEICESTER CITY FC

Islam Slimani 30,00 M € N’Golo Kanté 35,80 M €  
Ahmed Musa 19,50 M € Andrej Kramaric 10,00 M €
Nampalys Mendy 15,50 M € Ritchie De Laet 2,30 M €
Gastos totais 77,50 M€ Receitas totais 49,25 M € -28,25 M €
 

FC ARSENAL

Granit Xhaka 45,00 M € Serge Gnabry 5,00 M €  
Shkodran Mustafi 41,00 M € Wellington Silva 3,00 M €
Lucas Pérez 20,00 M € Isaac Hayden 2,90 M €
Gastos totais 113 M€ Receitas totais 13,25 M € -99,75 M €
 

TOTTENHAM HOTSPUR

Moussa Sissoko 35,00 M € Ryan Mason 15,40 M €  
Vincent Janssen 22,10 M € Nacer Chadli 15,20 M €
Victor Wanyama 14,40 M € Alex Pritchard 9,40 M €
Gastos totais 82,5 M € Receitas totais 48,10 M € -34,40 M €
 

MANCHESTER CITY FC

John Stones 55,60 M € Edin Dzeko 11,00 M €  
Leroy Sané 50,00 M € Gerónimo Rulli 7,00 M €
Gabriel Jesus 32,00 M € Wilfried Bony (valor do empréstimo) 2,35 M €
Gastos totais 213 M€ Receitas totais 21,85 M € -191,15 M €
 

MANCHESTER UNITED FC

Paul Pogba 105,00 M € Patrick McNair 5,25 M €  
Henrikh Mkhitaryan 42,00 M € Tyler Blackett 1,80 M €
Eric Bailly 38,00 M € Will Keane 1,20 M €
Gastos totais 185 M€ Receitas totais 8,25 M € -176,75 M €
 

FC SOUTHAMPTON

Sofiane Boufal 18,70 M € Sadio Mané 41,20 M €  
Pierre-Emile Höjbjerg 15,00 M € Graziano Pellé 15,25 M €
Nathan Redmond 13,50 M € Victor Wanyama 14,40 M €
Gastos totais 51,90 M€ Receitas totais 75,85 M € 23,95 M €
 

WEST HAM UNITED

André Ayew 24,10 M € James Tomkins 11,70 M €  
Manuel Lanzini 12,00 M € Elliot Lee custo zero
Arthur Masuaku 7,10 M € Joey O’Brien custo zero
Gastos totais 62,30 M € Receitas totais 11,70 M € -50,60 M €
 

FC LIVERPOOL

Sadio Mané 41,20 M € Christian Benteke 31,20 M €  
Georginio Wijnaldum 27,50 M € Jordon Ibe 18,00 M €
Loris Karius 6,20 M € Joe Allen 15,50 M €
Gastos totais 79,90 M € Receitas totais 79,30 M € -600 m €
 

CHELSEA FC

Michy Batshuayi 39,00 M € Mohamed Salah 15,00 M €  
David Luiz 38,50 M € Papy Djilobodji 9,50 M €
N’Golo Kanté 35,80 M € Juan Cuadrado (valor do empréstimo) 5 M €
Gastos totais 141,30 M € Receitas totais 41 M € -100,30 M €

 

De facto, no último mercado de Verão foi batido o record de transferências totalizando um valor superior a €1.350 milhões (!), tendo mesmo 13 das equipas superado os próprios records de transferências…

[:]