Menu Close

Samuel Lino: Pérola de Barcelos

Samuel Dias Lino, nasceu em Santo André, Brasil. Estreou-se como sénior em 2017 quando ainda tinha 18 anos, pela equipa do São Bernardo. Depois de 23 jogos pela equipa do estado de São Paulo e com um empréstimo ao Flamengo, que não contou com o sucesso esperado, pelo meio,  o jovem brasileiro transferiu-se no inicio da época 2019/20 para o Gil Vicente.

A sua estreia pela equipa de Barcelos, deu-se frente ao CD Aves, num jogo a contar para a Taça da Liga, onde entrou para disputar os últimos 10 minutos de jogo, e em que a sua equipa venceu por 3-2.

Durante a época 2019/20, teve uma utilização bastante intermitente na equipa de Vitor Oliveira, sendo apenas titular por 6 ocasiões. Ainda assim, participou em 26 partidas e conseguiu faturar por 2 vezes.

Neste inicio de época 2020/2021, tem sido fundamental no esquema de Rui Almeida, sendo usado de inicio em todos os jogos da Liga NOS até ao momento e contando, já com 2 golos marcados sendo também o melhor marcador da equipa.

Momento Ofensivo

Tecnicamente, Samuel Lino é um jogador que apresenta qualidades muito aliciantes. Apresenta um bom controlo de bola, é capaz de encarar os adversários em situações de 1vs1. Tem um 1° toque muito interessante, conseguindo receber orientado para a sua próxima ação.

O jogador apresenta condições para atuar em diferentes posições do ataque, dependendo do que o seu treinador quer dele para o jogo. Atua como extremo esquerdo, pela sua capacidade de execução, velocidade, e drible curto. Procurando as zonas interiores, fica assim em zonas de finalização, onde pode tentar o remate.

No Brasil atuou maioritariamente como extremo direito e com a virtude de poder usar com relativa facilidade o pé esquerdo, cria a dúvida no seu marcador direto, podendo fazer movimentos interiores procurando a finalização, ou movimentos exteriores, para um possível cruzamento.

Nesta temporada tem sido testado em alguns jogos como avançado centro, onde pode usar a velocidade, outras das suas qualidades. Quando joga nessa posição, é maioritariamente contra equipas que joguem com uma defesa numa linha mais adiantada no terreno.

Outra das qualidades de Lino é o timing de desmarcação. Olhando em particular para o golo contra o Portimonense e para o golo contra o Tondela (invalidado por um fora de jogo milimétrico) onde se nota a preocupação de atacar a profundidade no momento certo.

Momento Defensivo

No processo defensivo, é um jogador que tenta ocupar a sua zona, entende quando a equipa pressiona alto no terreno e quando deve baixar.

Mas acaba por ser neste momento do jogo, que Samuel Lino terá de melhorar se quer no futuro dar o salto para um clube com outra ambição. Um dos seus pontos fracos, está relacionado com a falta de agressividade defensiva e a acrescentar a este fator o timing de recuperação da posse. Não sendo um jogador alto (mede 1.78) também não demostra ter grande capacidade de ganhar bolas aéreas divididas.

Capacidade para melhorar

Rui Almeida viu desde a sua chegada a Barcelos o potencial de Samuel Lino, tornando-o um jogador fundamental para o Gil Vicente.

As qualidades técnicas de Lino são inegáveis, agora resta saber se consegue manter a consistência e melhorar alguns aspetos do seu jogo com e sem bola. No processo ofensivo, melhorar o seu posicionamento dentro da área jogando como avançado centro e no momento defensivo, seja capaz de ser mais ativo e eficaz nas suas ações.

Se for capaz dessas melhorias, acreditamos que podemos ter Samuel Lino a subir degraus no Campeonato Português.