Menu Close

Sávio: o novo menino do Galo

Nascido em Belo Horizonte, Sávio é uma das novas promessas da base do Atlético Mineiro, tendo conseguido a estreia na equipa principal com apenas 16 anos. Internacional pelos escalões jovens da canarinha, é uma aposta de Sampaoli para o futuro do clube de Minas Gerais.

Entrou com apenas 11 anos e um sonho e a partir daí não mais parou de crescer. Foi campeão mineiro de sub-14, venceu o estadual em sub-15 e, apenas com um jogo no escalão de sub-17, subiu ao time profissional para ser aposta do técnico argentino.

“Tem muito potencial, temos muita expectativa com ele”, referiu Jorge Sampaoli

Momento Ofensivo

Joga predominantemente pelo corredor direito, para que possa dar uso ao seu excelente pé esquerdo, com incursões pela linha ou a fletir para espaços interiores. É um jogador muito veloz, que usa e abusa da sua capacidade de drible e de cruzamento. O extremo brasileiro tende a forçar o um para um com o defesa lateral contrário, sempre que tem tempo e espaço para o fazer. Nem sempre é a melhor decisão e é um dos aspetos que tem que melhorar no seu jogo.

Não é um jogador egoísta (apesar de tentar muitas jogadas individuais), pois procura os seus colegas de equipa que estejam melhor posicionados, por forma a poder servi-los em espaços vazios ou sem oposição direta. Não arrisca muito em remates à baliza, pelo que os golos que tem são incursões na área, onde encosta a contar. É também ele um exímio batedor de cantos e livres indiretos.

Momento Defensivo

Por ter uma velocidade acima da média, é utilizado como um dos membros mais subidos da equipa, para poder conduzir transições defesa-ataque. Tem participação ativa na primeira fase de pressão, com o objetivo de condicionar a construção do adversário.

A sua missão defensiva não tem comportamentos muito rigorosos e baseia-se essencialmente em cortar linhas de passe e dificultar as ações oponentes mais próximos. Tem apenas 33% de sucesso no desarme e 50% em duelos aéreos.

À imagem do ‘Rei’

‘Savinho’ é gerido com o maior dos cuidados pela comissão técnica do Galo, pois é ainda muito jovem e têm uma enorme ilusão quanto ao seu futuro de negro e branco. Reinaldo, um dos grandes ídolos para a torcida do Atlético-MG, estreou-se também ele com 16 anos e alguns meses, pelo que as comparações começam a ser cada vez mais frequentes.

Este menino tem certamente potencial para ser uma referência da torcida, mas precisa de tempo e paciência para crescer de forma sustentada.