Menu Close

Scouting: o substituto de Agüero

Manchester City acaba de se tornar campeão inglês, é uma equipa que esta temporada começou de forma algo tremida, mas Guardiola conseguiu encontrar uma solução para estabilizar a equipa e partir para uma época que pode ser de sonho para os citizens com a conquista da Premier League e possivelmente da sua 1ª Liga dos Campeões da sua história. Mas a equipa em momentos revelou ter problemas no ataque, na ausência de um avançado centro. Foi confirmada que esta seria a última temporada de Kun Agüero ao serviço do Manchester City, finda assim uma era no clube e um dos períodos mais ricos da carreira o astro argentino de 32 anos. A ProScout assim volta a recorrer ao Big Data e fazer o exercício seguinte para encontrar alternativas a Agüero. Depois de uma filtragem de milhares de jogadores, posterior redução e análise individual a cada candidato, foi possível seleccionar uma lista de quatro jogadores finais.

Contexto

Esta foi a temporada mais fraca de Agüero ao serviço do Manchester City, com 18 jogos, 4 golos e 1 assistência, números muito longe do seu auge. Guardiola, certa a saída do argentino, terá bastante interesse em juntar alguém ao lote de atacantes da equipa que está escasso de opções, com a saída de Agüero ficam apenas Gabriel Jesus e um possível regresso de empréstimo como Nmecha.

Perfil do Alvo

Tem-se falado na comunicação social acerca de nomes para o ataque dos “citizens”, como o jovem goleador Haaland, desejado por qualquer tubarão europeu a este ponto. O perfil de atacante neste exercício será sempre mais aproximado ao de Agüero, com bom jogo associativo, capacidade no passe, drible e claro com boa relação com o golo, são algumas das principais características que procurámos. O Manchester City certamente que não se esconderá de fazer um investimento alto no seu ataque, e aqui o lote de opções aumenta certamente, mas apenas consideramos desta vez atletas que actuam em ligas do top 5 europeu (com a breve excepção de Nmecha), de forma a filtrar ainda mais o lote de avançados e porque estão já mais habituados a um contexto competitivo mais elevado.

Opções Actuais

Pegando nos dados fornecidos pelo Big Data, conseguimos comparar Agüero, Gabriel Jesus e Nmecha e coloca-los frente a frente sob os indicadores que achamos essenciais ao avançado e para compreender melhor a prestação de cada um.

xG, passes-chave certos, oportunidades criadas e remates por jogo em 2020/201
Oportunidades convertidas, passes certos, remates à baliza, dribles com sucesso, duelos ganhos, duelos ofensivos ganhos, duelos aéreos ganhos e desarmes ganhos por jogo em 2020/21

Os Alvos

André Silva

André Silva é o 1º nome que encontramos na nossa lista, o português está a viver uma época de sonho na Alemanha ao serviço do Frankfurt. Com 26 golos e 10 assistências, André Silva tem mostrado estar bem com bola também, forte a associar-se com os colegas, consegue tanto jogar bem de costas a dar apoio e linha de passe, como também consegue procurar bem o espaço para atacar e progredir com bola. Tem estado bem também no capítulo de drible, mostrando um nível interessante esta temporada. Também tem sido um jogador letal no jogo aéreo, mostrando-se cada vez mais um avançado completo, algo que seria interessante ver no Manchester City.

Amine Gouiri

O 2º jogador que trazemos nesta lista é o jovem internacional francês, Gouiri. Dado curioso nesta opção, Gouiri não tem jogado apenas como avançado no Nice, jogando também muito pela ala esquerda, fazendo depois muitos movimentos de rotura para o meio com ou sem bola. É um jogador ágil e forte no drible, mas também combina muito bem com colegas, tem faro de golo, com 19 golos esta temporada, e também se mostra interessante no capítulo físico. Esta temporada está a justificar dar um salto competitivo, e quem sabe se não poderia ser uma agradável surpresa no ataque do gigante City, até pelas diferentes soluções que poderia acrescentar no ataque, seja pelo centro ou a partir de uma das faixas.

Joaquín Correa

O próximo nome é Correa, da Lazio. Apesar de não ser um avançado centro natural, tem características técnicas e físicas muito interessantes que o podem levar a desempenhar essa função com qualidade e esta temporada tem actuado no ataque a par de Immobile, mas mais como um segundo avançado. É alto, com 188 cm, muito forte no jogo associativo, jogador criativo, forte nas bolas paradas, sempre um extra interessante a ter em conta e tem 11 golos e 6 assistências esta temporada. Olhando para as suas características e para o modelo de Pep Guardiola, este seria um jogador que encaixaria muito bem.

Ben Yedder

O 4º e último nome na lista é Bem Yedder, também o mais experiente, com 30 anos. É um avançado centro a viver o seu auge, está a fazer uma temporada muito boa no AS Monaco, com 20 golos e 9 assistências, é baixo, com 170 cm, mas até se mostra competente no jogo aéreo, combina muito bem com os colegas, é forte com bola, tem um bom remate, é um jogador feito, experiente e acreditamos que daria ao Manchester City rendimento imediato.

xG, dribles, passes-chave certos, oportunidades criadas e remates por jogo em 2020/21
Oportunidades convertidas, passes certos, remates à baliza, dribles com sucesso, duelos ganhos, duelos ofensivos ganhos, duelos aéreos ganhos e desarmes ganhos por jogo em 2020/21

Como é possível reparar, é notória a aproximação gráfica entre os jogadores, também em virtude da procura de semelhantes características.

Análise Final

Após feita a sempre importante observação em vídeo dos jogadores, depois juntamente com o tratamento dos dados estatísticos de cada um nos vários momentos do jogo, foi possível chegar a 2 nomes que mais se aproximam das necessidades actuais da equipa do Manchester City. Joaquín Correa e o experiente Bem Yedder são os nomes que acreditamos que pudessem oferecer maior rendimento no imediato, reunidas as suas características e olhando ao contexto do clube inglês.

xG, dribles, passes-chave certos, oportunidades criadas e remates por jogo em 2020/21
Oportunidades convertidas, passes certos, remates à baliza, dribles com sucesso, duelos ganhos, duelos ofensivos ganhos, duelos aéreos ganhos e desarmes ganhos por jogo em 2020/21

Joaquín Correa e Ben Yedder seriam excelentes nomes para o Manchester City de Pep Guardiola, tal como André Silva, Gouiri ou os próprios jogadores da casa Gabriel Jesus e Nmecha poderiam ganhar maior protagonismo, mas voltando aos alvos, reúnem uma série de características que fazem sentido no modelo de jogo da equipa e que podiam suprimir a falta de opções na zona do ataque, Correa e Gouiri poderiam oferecer outras soluções além de jogarem apenas pelo centro do ataque, oferecendo maior mobilidade. A opção entre os dois recai sobre Corrrea. Ben Yedder e André Silva, avançados centro naturais que mostram esta temporada um rendimento muito alto, Ben Yedder sendo a escolha entre os dois dada a sua experiência em níveis competitivos mais elevados e também dadas as suas características com bola. Financeiramente estariam ao alcance do clube mas este é um mero exercício com base em estatística e observações dos jogadores, claro que, o Manchester City poderá procurar algo completamente diferente, algo que todos os adeptos irão esperar para ver, quem será então o novo avançado citizen.



Para todos os clubes, treinadores, jogadores, olheiros, agentes, empresas e media que queiram saber mais sobre os nossos serviços de scouting, não hesitem em contactar-nos através de mensagem privada ou do nosso email geral@proscout.pt.