Menu Close

Show de Darwin

O Benfica defrontou o Lech Poznan na estreia da Liga Europa e apesar da vitória por 2-4 sentiu muitas dificuldades em controlar o jogo, perante um conjunto polaco que aproveitou muito bem as fragilidades defensivas que as águias demonstraram.

Como referimos na análise de antevisão, o Lech é uma equipa que gosta de sair desde trás com uma saída curta a partir do seu guarda-redes e defesas centrais. O Benfica procurou condicionar essa saída com um bloco muito alto mas sentiu dificuldades em controlar o espaço em profundidade nas costas da linha defensiva.

A permeabilidade defensiva do Benfica não invalidou que os encarnados com bola conseguissem criar situações de perigo através de ataques organizados e transições rápidas. Darwin foi o destaque da tarde com um hattrick. Uma excelente exibição do avançado uruguaio que finalmente conseguiu chegar ao tão desejado golo com a camisola das águias. Não só protagonizou uma excelente exibição a nível defensivo como também desequilibrou ofensivamente.

Uma vitória tremida na Polónia com alguns momentos ofensivos interessantes mas muitas fragilidades no processo defensivo com a equipa de Jorge Jesus a defender muito alto no terreno e a ter dificuldades em travar as investidas do Lech, principalmente com a velocidade dos homens da frente e as transições rápidas.