Menu Close

Thiago Santana: Hora de Afirmar-se?

Thiago Santana, Ponta de Lança de 27 anos do Santa Clara, obteve um início de época bastante positivo, ajudando o Santa Clara a conseguir 7 pontos em 3 jogos, sendo autor de todos os 3 golos da equipa açoriana até agora. Na sua quinta temporada em Portugal, será esta a época de afirmação do jogador, após uma boa temporada (em 2017/18) na Segunda Liga? Este artigo visa fazer uma breve e sucinta apresentação do jogador, tentando ‘antecipar’ um pouco do que poderemos ver de Thiago Santana esta Temporada.

Momento Ofensivo

Sem dúvida um perigo na hora de atacar, Thiago Santana é sobretudo forte quando ataca a bola em movimento convergente, fazendo valer a sua agressividade e antecipação ao adversário. Apesar de não ser um jogador propriamente alto (tem apenas 1.84m), tem no cabeceamento uma das suas maiores armas, fazendo por diversas vezes movimentos muito difíceis de controlar na direção da baliza para intercetar cruzamentos tensos para a área adversária, sendo prova disto os seus dois primeiros golos esta temporada, frente ao Marítimo. Conseguindo concretizar finalizações quer com o pé esquerdo e o direito, Santana possui um remate em força, que apesar de nem sempre ser eficaz, por muitas vezes consegue surpreender os adversários. Possui também uma boa capacidade para segurar a sua posição em posse, sendo usado frequentemente no sistema de Daniel Ramos como um jogador que possa suster a posse de bola enquanto o bloco médio da equipa sobe no terreno para passes em apoio. Contudo, demonstra alguma falta de versatilidade para jogar noutros sistemas e estratégias, bem como de finalizações mais elaboradas. Thiago Santana é definitivamente um jogador combativo, com bastante agressividade na hora do ataque á bola, e bravura na tentativa de finalização e procura pela posse de bola.

Momento Defensivo

 Se a nível do posicionamento Thiago Santana poderá não ser uma arma, a sua mobilidade é sem dúvida um sinal ‘mais’ no momento defensivo. Thiago Santana é capaz de executar pressão e condicionamento a adversários e utilizar a sua extrema agressividade para procurar ganhar recuperações, faltas e desarmes. Através do já observado em outras temporadas, Thiago Santana consegue ser um jogador um pouco temperamental, o que se reflete no seu momento defensivo, que é um pouco anárquico (que o seu registo de cartões amarelos confirma, tendo obtido em todas as épocas 5 ou mais cartões por temporada). Em momento defensivo, Santana (até já com Daniel Ramos) consegue ser uma arma para a passagem do momento defensivo para o ofensivo, através de passes rápidos na procura da velocidade ou ganho de posição por parte de Santana, ou até interceção de cortes para o meio campo, com vista a ganhar a posse de bola e possíveis segundas bolas.

Época de Afirmação?

Thiago Santana possui sem dúvida características muito interessantes, sendo um dos poucos Pontas de Lança em Portugal ainda a possuir uma excelente relação entre mobilidade, finalização, cabeceamento, antecipação e combatividade na hora de atacar a bola. Esta combinação, num jogo com espaços e variados cruzamentos, consegue ser certamente letal para os adversários. Após ter realizado uma época de excelente nível em 2017/2018, tendo marcado por 15 vezes em 33 jogos, realizou 2 temporadas com números bastante baixos, tendo também uma delas sido marcadas por uma grave lesão do ligamento anterior cruzado. O facto de ser inconstante, e marcar vários golos apenas em certos períodos, poderá pesar caso Santana não consiga retomar o campeonato após a pausa Internacional com golos. No entanto, estes 3 jogos realizados com Daniel Ramos certamente deixaram excelentes indicações de que efetivamente Thiago Santana será uma excelente combinação com o sistema do Treinador, que até tem mantido a aposta no jogador quando reforços para a mesma posição foram já contratados. Possuindo já experiência em Portugal, e inserido numa equipa capaz de o servir como tem sido o Santa Clara de Daniel Ramos, Santana tem finalmente as ferramentas que necessita para se afirmar, e fazer uma época á nível de 2017/2018.