Menu Close

Transições italianas

Este artigo é patrocinado pela Casa Ermelinda Freitas

Itália é a primeira finalista do Euro 2020 depois de bater Espanha no desempate por grandes penalidades. 4-2 foi o resultado final depois de um 1-1 durante os 120 minutos.

Apesar do maior domínio espanhol durante grande parte da partida, foram os italianos que criaram as melhores oportunidades através de ataques rápidos. As transições italianas protagonizadas principalmente por Chiesa com a ajuda de Insigne e Immobile, Berardi a partir dos 61 minutos foram cruciais para colocar a Espanha em dificuldades.

A selecção espanhola teve mais bola e jogou praticamente sempre no meio campo ofensivo. Com o envolvimento dos laterais no processo ofensivo e com os centrais bem dentro do meio campo italiano, os espaços para as transições contrárias eram muitos, com Itália a aproveitar a exposição ao risco por parte de Espanha.

Foi assim que nasceu o golo da selecção de Roberto Mancini. Donnarumma a segurar um cruzamento e a sair rapidamente com Verratti, Insigne, Immobile e Chiesa que chegou à área para finalizar perante alguma passividade da defesa espanhola.

Os italianos sentiram-se confortáveis sem bola e a apostar nas transições rápidas para chegar à baliza de Unai Simón.



Para todos os clubes, treinadores, jogadores, olheiros, agentes, empresas e media que queiram saber mais sobre os nossos serviços de scouting, não hesitem em contactar-nos através de mensagem privada ou do nosso email geral@proscout.pt.