Menu Close

Scouting: 10 jovens jogadores a seguir no Brasileirão 2021

Artigo escrito por Jaime Silva e David Almeida.

A edição 2021 do Brasileirão está aí à porta! Compilamos uma lista de 10 jogadores sub-21 a quem devem estar atentos ao longo do campeonato.

Abner Vinícius – Athletico Paranaense – Lateral Esquerdo – 21 anos

O jovem brasileiro de 21 anos representa as cores do Athletico Paranaense, conjunto orientado por António Oliveira, tendo sido contratado ao Ponte Preta em 2019 por cerca de 2,5 milhões de euros. Já conta com 60 jogos pelo clube, apesar da idade, e já revela bastante maturidade em campo. Veloz, inteligente, com critério no passe e no cruzamento. É a atacar que se destaca mais e aparece muito bem em zonas de criação e finalização. É capaz de oferecer largura ao jogo, mas também é forte nos movimentos interiores.

Patrick De Paula – Palmeiras – Médio Defensivo – 21 anos

O médio que milita no Palmeiras tem encantado ao serviço do conjunto de Abel Ferreira. Inicialmente passou por dificuldades devido a problemas nos treinos (dito por Abel numa conferência de imprensa), mas parece ter convencido o treinador português. Pode jogar a 6 e a 8, forte na antecipação e desarme, muito robusto fisicamente, com uma grande qualidade de passe longo e com boa meia distância. É um autêntico pulmão no meio-campo, possuindo uma capacidade atlética tremenda. Tem atraído o interesse de vários tubarões europeus, e não é por acaso.

Léo Chú – Grémio – Extremo Esquerdo – 21 anos

O jovem extremo completou toda a sua formação no Grémio, mas deu nas vistas no seu empréstimo no Ceará, merecendo o lugar no plantel do histórico de Porto Alegre nesta nova época. Muito rápido e explosivo, gosta de ser o elemento desiquilibrador, mas também consegue ser criativo e oferecer oportunidades aos seus colegas. Sendo o seu pé mais forte o esquerdo, e jogando melhor nesse corredor, é um jogador bastante vertical e que gosta de visar rapidamente a baliza. Tem um excelente controlo de bola em condução, tendo em conta a sua velocidade.

Bruno Praxedes – Internacional – Médio Ofensivo – 19 anos

O criativo médio ofensivo brasileiro dividiu a sua formação entre o Fluminense e o Internacional, tendo-se estreado na equipa principal de Porto Alegre com apenas 17 anos. Desde aí, nunca mais saiu da equipa principal. Alto, esguio, canhoto, não tem o perfil físico habitual para a posição, mas a qualidade está lá. Oferece muitas soluções de dinâmicas (recua para receber, encosta-se aos corredores e recebe entrelinhas), qualidade de passe e certeza na progressão. Apesar do potencial, ainda tem muito para trabalhar e evoluir, em comparação aos outros jogadores da lista.

João Gomes – Flamengo – Médio Defensivo – 20 anos

O médio defensivo da geração de 2001 tem sido aposta na equipa principal do Flamengo. Apesar de não ser titular recorrentemente, quando é chamado mostra toda a sua qualidade. É um 6 criativo à imagem de Kimmich e Jorginho. Oferece inteligência posicional, qualidade no passe, descobre muito bem os espaços, queimando linhas ou na variação de flanco. Não se esconde do jogo e tem uma visão fora do normal. Uma das grandes pérolas brasileiras desta nova geração.

Kaiky Melo – Defesa Central – Santos – 17 anos

Kaiky é a nova figura principal da defesa do Santos após a saída de Lucas Veríssimo para o Benfica. Tendo nascido apenas em 2004 é o jogador mais novo da lista de jogadores que destacamos. Esta época, até ao momento, participou em 17 jogos. 10 na Libertadores e 7 no Paulista, praticamente sempre a titular  É um defesa central que demonstra capacidade para jogar tanto em linha de 4 ou em linha de 3 como o central do lado direito. É tido por muitos como o defesa mais promissor a aparecer no Brasil nos últimos anos e é fácil de perceber o porquê: são muitos poucos os jovens centrais que com esta idade apresentam tanto rendimento a nível sénior.

Caracteriza-se por ser um jogador com boa capacidade de desarme e em jogo de antecipação e com um grande sentido de concentração ao longo dos 90 minutos. Destaque ainda para a habilidade em jogo aéreo. Tecnicamente é também um jogador com bons recursos técnicos, especialmente no passe curto e em bolas longas diagonais.

Carlos Palacios – Extremo Direito – SC Internacional – 20 anos

Carlos Palacios é um jovem extremo chileno nascido em 2000 que chegou esta temporada ao SC Internacional por empréstimo do Union Española. É também já sabido que será contratado em definitivo a 1 de janeiro quando reabrir a janela de transferência. Até ao momento cumpriu 12 jogos pelos colorados e ainda não contribuiu com golos, mas tem acumulado boas exibições e deverá ser o titular na direita do ataque da equipa orientada por Miguel Angel Ramirez.

É muito forte no 1×1, sendo um jogador confiante e que não perde uma oportunidade para partir para cima do adversário. Tem excelente capacidade na condução de bola e de proteção da posse, sabendo usar muito bem o corpo neste tipo de movimento. É também um jogador perigoso na exploração da profundidade, de. Mostra tendência de fazer muitos movimentos diagonais para aparecer em zonas de finalização ao segundo poste. Pode ser uma das revelações desta temporada, num Internacional que será um dos candidatos ao título.

Lucas Piton – Lateral esquerdo – Corinthians – 20 anos

Para os mais atentos ao campeonato brasileiro, Piton não é um desconhecido. Já tinha sido um dos destaques da Copinha em 2019 e foi também um dos nomes referenciados no podcast Scout Radar . Na temporada de 2020 foi também aposta do Corinthians, tendo realizado 32 partidas e contribuiu para 3 assistências para golo. Assim, o destaque que lhe damos nesta lista é mais num sentido de época de afirmação do que propriamente de revelação. Esta época leva 12 jogos e 1 golo marcado. É um jogador que tem raízes no futsal e isso também transparece no seu jogo – utiliza muito a sola da chuteira para alguns domínios e para toques curtos na bola.

É um lateral que se destaca muito pelo que oferece ofensivamente. Tem boa capacidade de condução de bola, drible e 1v1 ofensivo, mas o seu ponto forte é mesma a execução de cruzamentos para a área, seja de que zona do ultimo terço for – a bola sai sempre muito tensa e bem colocada para a finalização de um colega na área.

Antonio Galeano – Extremo Direito/Avançado – São Paulo – 20 anos

Depois de um período de empréstimo inicial do Rubio Ñu, já renovado em 2021, o jovem extremo paraguaio foi alternando entre sendo aposta na equipa de sub-20 e no plantel principal, então orientado por Fernando Diniz. Nesse período realizou  24 jogos e marcou 15 golos pelos sub-20 e 5 jogos pelo plantel principal. Neste início de época 2021, tem se afirmado como uma das opções regulares de Hernan Crespo e já leva 10 jogos e 1 golo marcado, entre Libertadores e o Paulistão.

Apesar de ter formação a extremo, o seu papel neste modelo de 3-1-4-2 de Hernan Crespo e o lugar onde puderá ter mais rendimento é como avançado móvel pelo lado direito. É aqui que pode potenciar as suas maiores qualidades – a movimentação em espaços curtos e a excelente capacidade de finalização, onde é um jogador mesmo muito acima da média. Mostra um à vontade fora do normal para finalizar com qualquer um dos pés e a várias distâncias da baliza.

Pode não ter uma época a titular absoluto desta equipa, que tem três opções muito fortes para a frente de ataque em Pablo, Luciano e Igor Gomes, mas certamente terá o seu espaço e pode ser uma das boas revelações deste Brasileirão 2021.

Ricardinho – Avançado – Grêmio – 20 anos

Ricardo Viana, ou simplesmente Ricardinho, é um avançado centro que tem vindo a ganhar cada vez mais espaço neste Grêmio versão 2021, orientado por Tiago Nunes. Chegou ao clube no ano passado, após ter feito boa parte da sua formação no São Paulo e mostrou logo que poderia chegar rapidamente ao plantel principal:  Em 12 jogos pelos sub-20 do Grémio marca nove golos.

Fisicamente é um jogador com um perfil muito interessante: tem muita mobilidade, capacidade de impulsão acima da média, e boa aceleração em espaços curtos para surpreender as marcações dos defesas adversários.

É alguém com perfil de líder e que aparenta não acusar a pressão do momento, foi inclusivamente o herói da primeira mão da final do Gauchão, onde saltou do banco para confirmar a reviravolta frente ao rival de sempre, o SC Internacional. Entende muito bem os espaços que tem que ocupar dentro de área e tem o faro de golo que faz parecer que está sempre no sítio certo para finalizar. Não deverá também ser um titular absoluto da equipa, por haver, obviamente Diego Sousa, mas será um suplente de luxo que certamente terá muitos minutos ao longo da época. O certo é que tem aproveitado extremamente bem qualquer tempo de jogo que Tiago Nunes lhe tem dado: em 648 minutos em 2021 (cerca de 7.2 jogos) tem 6 golos marcados.



Para todos os clubes, treinadores, jogadores, olheiros, agentes, empresas e media que queiram saber mais sobre os nossos serviços de scouting, não hesitem em contactar-nos através de mensagem privada ou do nosso email geral@proscout.pt.