Menu Close

Abram alas para o Sporting

O Sporting iniciou a época, como terminou a última, com uma vitória convincente e muito competente.A equipa da casa entrou no seu habitual 5 – 2 – 3, com 2 alas “novos” Esgaio e Vinagre e o Vizela no 4 – 4 – 2, que estreou 6 jogadores na Primeira Liga e com algumas ausências que desfalcaram a equipa, destaque para Bruno Wilson, Claudemir e Aidara.

Durante a pré-época, falou- se muito do mercado pouco agitado do Vizela, mas, tal como na época passada, quando subiu do Campeonato de Portugal para a 2ª Liga, foi na estabilidade que a equipa encontrou a sua equipa titular para hoje. A equipa Vizelense, apesar de estar em inferioridade numérica na primeira fase de construção, procurou pressionar alto e criar dificuldades ao Sporting na primeira fase de construção. O objetivo da pressão foi essencialmente fechar corredor interior e obrigar Sporting a jogar por fora e depois os médio-ala juntavam aos laterais formando algumas vezes uma linha de 5 ou 6.  Na primeira parte, resultou em alguns momentos, na segunda parte, o Sporting teve mais facilidade.

O Sporting, por seu lado, fez o habitual, procurar construir desde trás, aproveitar a superioridade que tinham, 3 centrais vs 2 avançados, atrair a equipa do Vizela a um lado e depois jogar rapidamente nos alas, com estes procurando cruzamentos ou combinações. Em destaque, esteve Vinagre foi quase sempre nesse corredor que o Sporting conseguiu criar situações de perigo, mas não as conseguiu concretizar. Procuram, sem bola, ter uma reação rápida à perda e condicionar alto o Vizela, obrigando a equipa a jogar longo.

Foi pelas alas e por um super Pote, pelo 2º jogo consecutivo eleito o melhor em campo, que o  Sporting ganhou o jogo de hoje.



Para todos os clubes, treinadores, jogadores, olheiros, agentes, empresas e media que queiram saber mais sobre os nossos serviços de scouting, não hesitem em contactar-nos através de mensagem privada ou do nosso email geral@proscout.pt.