Menu Close

Melhor XI Euro Sub-21 2021

De 31 de maio a 6 de junho disputou-se a fase a eliminar desta edição do Euro Sub-21. Portugal fez uma excelente campanha ao longo da competição, mas no derradeiro jogo, a Alemanha superiorizou-se e venceu o troféu.

Escolhemos aquele que, no nosso entender, foi o melhor XI desta competição e indicamos ainda mais alguns destaques adicionais que comporiam o ‘banco’ desta seleção.

Guarda-Redes – Diogo Costa – Portugal

O guarda-redes português formado no FC Porto fez um Euro sublime e foi fundamental em levar Portugal à final e a permitir com que a equipa acreditando no golo do empate durante o jogo com várias defesas absurdas. Forte a sair da baliza, na antecipação aos lances e sublime entre os postes. Vai ser uma boa dor de cabeça para Sérgio Conceição.

Lateral Esquerdo – Cucurella – Espanha

O lateral esquerdo espanhol formado no FC Barcelona foi contratado por 10M€ pelo Getafe ao conjunto da Catalunha (e que contratação…). É polivalente, pode jogar a lateral, médio interior e extremo esquerdo, mas foi a lateral onde mostrou as suas qualidades. Forte no processo ofensivo, acrescentou meia distância, boa associação com os colegas, qualidade no cruzamento e no último passe. 

Defesa Central – Nico Schlotterbeck – Alemanha

Defesa central alemão, forte no jogo aéreo, muito competente nos timings de desarme e muito completo em situações defensivas. Com bola, é um defesa com grande capacidade em sair a jogar e um elemento que mostrou ser sempre capaz de iniciar o jogo da equipa.

Neste torneio, foi titular pela seleção campeã em todas as 6 partidas realizadas, sendo um dos lideres desta equipa.

Defesa Central – Perr Schuurs – Países Baixos

O jovem dos Paises Baixos, foi titular nos 5 jogos realizados pela sua seleção e ainda marcou 2 golos neste torneio.  

Perr joga como central pelo lado direito com grande capacidade de sair a jogar, quando não encontra uma opção de passe, tem qualidade para sair com bola controlada até um dos médios adversários sair na pressão.  No momento defensivo, é muito forte no jogo aéreo e em situações de corpo a corpo, conta ainda com uma grande leitura de jogo o que o ajuda em termos de posicionamento.

Lateral Direito – Ridle Baku – Alemanha

O jovem lateral direito alemão, que joga Wolfsburg, continuou nesta fase final do Euro Sub-21, o que fez durante toda a época no seu clube. Com 6 jogos realizados, 2 golos e 3 assistências, foi sem duvida um dos melhores jogadores deste torneio.

Muito ofensivo e com grande resistência é capaz de fazer todo o seu flanco durante os 90’. Baku é um médio mascarado de lateral, por ser capaz de encontra espaços onde eles não existem. Tem como principais características, a sua capacidade de passe e visão de jogo.

No momento defensivo, a sua competência a pressionar alto no terreno acaba por ser o seu maior atributo.

Médio Defensivo – Niklas Dorsch – Alemanha

O jovem alemão fez toda a sua formação no Bayer Munique e atualmente joga pelos belgas do Gent. Neste Euro Sub-21, atuou em 5 dos 6 jogos realizados, falhando apenas os quartos de final frente há Dinamarca.  Pode jogar tanto como 6 ou 8.

Tem como principais atributos, a sua agilidade e capacidade de encontrar espaços para sair a jogar seja pelo passe ou por capacidade de drible 1.8 p/jogo. Com bola, conta ainda com um muito positivo primeiro toque.

No momento defensivo, Dorsch neste Euro foi um elemento fundamental através das suas recuperações de bola 1.8 e desarmes 4.2 p/jogo. Sendo um elemento capaz de travar as transições rápidas dos adversários.

Médio Centro – Vitinha – Portugal

O jovem Português é o único que repete a presença neste XI do Euro Sub-21, estando presente tanto no melhor XI da fase de grupos como no melhor XI desta ultima fase.

Voltou a mostrar todas as qualidades já reconhecidas nele, grande capacidade criativa, com qualidade para sair de situações sob-pressao através de drible.

Neste Euro, atuou como médio direito do losango, jogou em todas as partidas tendo em seu nome uma assistência.

Extremo Esquerdo – Bryan Gil – Espanha

O ala esquerdo é da escola do Sevilha FC e esteve esta época emprestado ao Eibar. Depois deste Euro, onde mostrou ser um jogador bastante virtuoso, desequilibrador, com qualidade no último passe e muita visão de jogo vai certamente ter um lugar no plantel de Lopetegui.

Extremo Direito – Florian Wirtz – Alemanha

O médio ofensivo criativo do Bayer Leverkusen fez o seu primeiro campeonato europeu de sub-21 com apenas 18 anos. Essencial para a campanha que acabou com vitória para a Alemanha, Wirtz é um fenómeno. A forma como se posiciona em campo, como acelera, como pensa e como decide são claramente fora do normal. Certamente dará muito dinheiro ao Leverkusen nos próximos tempos.

Avançado – Dany Mota – Portugal

Desconhecido para muitos, Dany Mota mostrou o porquê de uma equipa da segunda liga italiana ter dado mais de dois milhões de euros por ele. Forte na condução, porte físico bastante evoluído, é também um jogador muito explosivo e gosta de abrir nas alas. Mostrou qualidade finalizadora. Apesar de algumas dificuldades técnicas e de uma final desinspirada, foi um dos destaques do europeu. 

Avançado – Lukas Nmecha – Alemanha

O carrasco de Portugal tanto neste Euro Sub-21 como no Euro Sub-19 de 2017 (nessa altura ainda jogava com as cores Inglesas). Avançado muito móvel, marcou por 4 ocasiões nesta competição, tendo participado em todos os encontros da Alemanha.

Depois de ter já sido destacado tanto no Talento da Semana e no ScoutRadar, volta a dar nas vistas. É um jogador que gosta de fazer movimentos em ruptura e usar a sua capacidade de desmarcação, bom tecnicamente, consegue bem baixar no terreno e fazer ligação com os seus médios, servindo de apoio frontal.

O seu futuro pode passar por Portugal, onde poderia fazer qualquer das três posições da frente de ataque no Sporting.

Outros destaques:

  • Fábio Vieira – Portugal
  • Dani de Wit – Países Baixos
  • Manu Garcia – Espanha
  • David Raum – Alemanha
  • Álvaro Fernandez – Espanha
  • Luka Ivanusec – Croácia

Artigo escrito por Filipe Melo e Jaime Silva



Para todos os clubes, treinadores, jogadores, olheiros, agentes, empresas e media que queiram saber mais sobre os nossos serviços de scouting, não hesitem em contactar-nos através de mensagem privada ou do nosso email geral@proscout.pt.